Mota não recebe rescisão do Bahia

Newton Mota tem dificuldades em acertar situação financeira no Bahia


Ele ainda não acertou financeiramente a sua saída do Bahia. Tem muita coisa a acertar e muito dinheiro a receber. Por isso, o ex-Gestor das Divisões de Base do Tricolor, Newton Mota, tem fugido da imprensa como o diabo foge da cruz, consciente de que uma declaração mal interpretada pode complicar ainda mais sua rescisão contratual e correr o risco de levar alguns anos se “arrastando” na justiça trabalhista.

O celular de Newton Mota tem dezenas de ligações e mensagens da Editoria de Esportes da Tribuna da Bahia, mas ele preferiu utilizar a mídia de rádio para se defender de acusações de que estaria por trás da “debandada” dos jogadores das Divisões de Base do Fazendão. "Se acham que tenho responsabilidade, tudo bem, podem achar. Mas, quando os atletas forem revelados e os títulos conquistados, espero que lembrem que tive responsabilidade também", disse em tom de ironia Newton Mota, revelando detalhes do que tem a receber.

“Eu tinha contrato até 31 de dezembro de 2014 e minha saída foi opção do Bahia. Meu contrato tem multa rescisória e ainda não recebi. O Bahia também me deve salários e algumas coisas do passado. Estou tendo encontro com eles (diretores), mas ainda estou com dificuldades de chegar a um acordo", disse o dirigente, que deve anunciar um novo clube.

"Tivemos alguns entendimentos, vi projetos que me agradaram fora da Bahia e aqui na Bahia também. Estive em um almoço com o Emerson Ferreti, que me apresentou um projeto muito bom para o Ypiranga. Acredito que dentro de uns 15 dias esteja acertado com um novo clube".

Fonte: Tribuna da Bahia

Foto: ECB