MP sugere cancelamento de Brasil x Uruguai

Comissão formada pelo MP sugere cancelamento do jogo entre Brasil e Uruguai

De acordo com a comissão, o motivo para sugerir o cancelamento do jogo é a impossibilidade do poder público oferecer segurança aos cidadãos


Uma comissão formada Ministério Público Estadual (MPE-MG), Defensoria Pública dentre outras instituições sugeriu ao governado de Minas Gerais, Antonio Anastasia, o cancelamento do jogo entre Brasil e Uruguai, marcado para esta quarta-feira (26), no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo é uma das semifinais da Copa das Confederações 2013. De acordo com a comissão, o motivo para sugerir o cancelamento do jogo é a impossibilidade do poder público oferecer segurança aos cidadãos.

De acordo com a comissão, o motivo para sugerir o cancelamento do jogo é a impossibilidade do poder público oferecer segurança aos cidadãos

"A missão desta comissão é estreitar o diálogo entre as diversas partes para que os ânimos sejam acalmados e todos tenham seu direito de exercício da cidadania respeitados. Da mesma forma, busca-se ajudar a coibir o vandalismo e a ação daqueles que desejam se aproveitar dos movimentos populares – explicou o promotor de Justiça, Fábio Reis de Nazareth", de acordo com o Lancenet.

Além do MPE-MG e Defensoria Pública, a Comissão para Prevenção à Violência em Manifestações Populares é formada pela ouvidoria das polícias militar e civil, assembleia legislativa de Minas Gerais, câmara municipal de Belo Horizonte, conselho estadual de direitos humanos e outros movimentos sociais. Segundo as polícias civil e militar, é possível que o exército seja convocado para conter as manifestações marcadas para a quarta-feira. No último sábado, dia do confronto entre Japão e México, 70 mil foram às ruas e houve confronto com a polícia. A estimativa é que 100 mil participem da manifestação na quarta.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte e imagem: iBahia.com – Editoria Esportes