‘Não estamos aqui para sermos heróis’

“Não estamos aqui para sermos heróis”. veja tudo do encontro de Rátis e Barros


Após uma longa reunião na noite desta terça-feira (9) com o diretor de futebol do Bahia, Anderson Barros, o interventor Carlos Rátis concedeu entrevista coletiva ao lado dos advogados, Danilo Tavares e Cyrano Viana, na sala de imprensa do Fazendão.

Segundo o advogado, na reunião foi discutida, entre outros assuntos, sobre a rescisão de contrato do meia Rosales. Rátis disse que o acerto do distrato com o meia argentino deve acontecer até a próxima sexta-feira (12).

O interventor do Bahia garantiu também que Anderson Barros será mantido no clube e que os jogadores e a comissão técnica permanecerão em São Paulo, após a partida desta quarta-feira (10), já que no sábado o Tricolor enfrenta a Ponte Preta, em Campinas.

Carlos Rátis comentou sobre os próximos passos dentro do clube. “O objetivo é dentro de um mês realizar eleições no Bahia, respeitando o estatuto em vigor. Antes precisamos fazer um levantamento de todos os sócios do clube e já estamos correndo atrás disso”, disse.

 O advogado chegou a questionar: “Onde está a lista de sócios?”. Isto porque nesta terça-feira, Rátis foi à Caixa Econômica Federal tentar levantar os nomes dos associados do clube, mas não obteve êxito. No entanto, o próprio interventor garantiu que já conseguiu parte da lista e que nesta quarta deve ter todos os nomes dos sócios em mãos.

 “Não vamos admitir interferências políticas no clube. Vamos nos reunir para definirmos o cronograma de divisão de tarefas aqui no Bahia. Todos os dias vai ter um membro da comissão aqui no Fazendão, isso inclusive foi sugerido por Anderson Barros”, completou.

Sobre os funcionários que estão com salários atrasados no Fazendão, o interventor disse que vai trabalhar para solucionar também este problema, de forma equilibrada e sem criar falsas expectativas.

Em relação às pessoas que devem assumir funções dentro do Tricolor, Rátis pontuou. “Existem grupos de situação, oposição, esquerda, direita, mas o que nos interessa são os bons nomes para contribuir com a instituição. Os vice-presidentes que vão assumir já estão sendo analisados e indicados, e vamos identificar os melhores”.

Rátis também comentou sobre uma possível candidatura de Marcelo Guimarães Filho à presidência, no caso da realização de uma nova eleição no Bahia. “O ex-presidente Marcelo Guimarães Filho é sócio e pode se candidatar, e sendo eleito pode voltar à presidência”, relatou.

“Não estamos aqui para sermos heróis. Estamos aqui para fazer o possível em prol de uma instituição que é muito forte no nosso Estado e no Brasil e que precisa ser respeitada e valorizada por todos nós. Estamos aqui para realizar novas eleições. Nós não estamos aqui para nos candidatarmos, apoiar A, B ou C, estamos aqui para que a Constituição seja respeitada”, finalizou.

Ratis confirma manutenção de Barros e promete não haver interferência política

Após longa reunião com Anderson Barros, diretor de futebol, o interventor Carlos Ratis concedeu entrevista coletiva ao lado dos advogados, Danilo Tavares e Cyrano Viana.

Dentro da reunião foi discutida a rescisão de contrato com o meia Rosales e que o acerto deve acontecer até a próxima sexta-feira.Ratis também deixou claro que o Anderson Barros sua manutenção no clube e garantiu a permanência da delegação em São Paulo.

O interventor também disse que não haverá a interferência política na administração e todos tem que respeitar o clube. Sobre a lista de sócio, o interventor confirmou que segue atrás da lista dos sócios.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Leonardo Santana – Bocão News

Foto: Bocão News