Não mudou?

Cristóvão justifica manutenção do time apesar do placar

Cristóvão justifica manutenção do time apesar do placar

Cristóvão Borges, apesar do resultado negativo desde o primeiro tempo, fez apenas duas das três alterações permitidas por partida. Coincidentemente, as duas foram por questões clínicas. Fernandão e Raul pediram para sair.

O treinador do Bahia foi questionado sobre a decisão de não fazer alterações na equipe. Cristóvão, que insistiu no esquema com três volantes até o apito final, se defendeu e alegou não enxergar a necessidade de mudanças.

– A gente faz substituição quando sente necessidade de que pode alterar alguma coisa pra melhor. O Corinthians jogando atrás, dificultava bastante. Tem momentos que você faz alguma mudança e, ao invés de melhorar, pode piorar – disse.

Para próxima partida do Bahia no Brasileirão, quarta-feira (10), contra o São Paulo, o técnico Cristóvão Borges ganha o retorno do volante Diones, após cumprir suspensão. Além dele, Hélder pode reaparecer entre os relacionados.

O volante, em virtude de uma pancada no joelho, perdeu dois treinamentos com bola durante a semana e por isso teve a preparação prejudicada. E, contra o Corinthians, sequer ficou no banco de reservas.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


 

Fonte: Felipe Santana – Bahia Notícias

Foto: Max Haack – Ag. Haack – Bahia Notícias