Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

No ‘sacrifício’, Marcos Aurélio quer pegar o Figueira

7

Mesmo com "um pouco de dor", Marcos Aurélio quer pegar o Figueira

Recuperado de uma lesão no joelho, atacante revela que ainda sente dores, mas nada que o impeça de entrar em campo neste domingo, contra o Figueirense

Desde o dia 20 de agosto longe dos gramados por causa de uma lesão no joelho, Marcos Aurélio está de volta. Ainda não é certo que ele entre em campo neste final de semana, quando o Bahia enfrenta o Figueirense, no estádio Joia da Princesa, mas o atacante já está à disposição do técnico Gilson Kleina para o duelo – vale lembrar que o treinador tricolor também pediu que o atleta aproveitasse o período para entrar em forma.

Na tarde desta sexta-feira, Marcos Aurélio participou de um treino técnico com bola com os jogadores que atuaram por menos de 45 minutos na derrota diante do Cruzeiro, no Mineirão. O atacante garante que se sente bem, embora ainda sinta dores. Nada suficientemente importante para tirá-lo da partida contra o Figueira, sobretudo com o time na lanterna do Campeonato Brasileiro.

– Estou me sentindo bem. Venho me recuperando bem da pancada no joelho que tive. Tenho um pouco de dor ainda, mas o momento é de sacrifício. O momento é incômodo. Ficando fora desses jogos, deu para observar o que a gente está precisando. Nossa equipe está precisando de uma sequência de vitórias para reagir na competição. Espero corresponder no jogo contra o Figueirense e sair de campo com a vitória – afirma Marcos Aurélio.

Marcos Aurélio Bahia (Foto: Divulgação / EC Bahia)

Marcos Aurélio está recuperado de lesão

Marcos Aurélio assistiu pela TV ao confronto contra o Cruzeiro e elogiou à postura do time durante o primeiro tempo, quando o Bahia saiu na frente e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0 – após um pênalti polêmico, que rendeu muitas reclamações e até protesto do clube junto à CBF, os mineiros empataram e, logo em seguida, viraram o confronto.

O revés, na opinião do atacante, não deve ser esquecida. Para Marcos Aurélio, o Bahia precisa entrar em campo no final de semana com o mesmo espírito com que jogou a primeira etapa do duelo contra Raposa.

– Foi um jogo bom. Fizemos um primeiro tempo bom, compacto, com o time fazendo bem seu papel. No segundo tempo, o Cruzeiro veio para cima, e nossa equipe recuou um pouco, mas ainda tivemos chances. Mas o espírito é aquele do primeiro tempo – diz.

Por causa de punição imposta pela CBF devido à superlotação no estádio Joia da Princesa, em partida contra o Santos, ainda no primeiro turno, o Bahia não jogará na Fonte Nova. O confronto diante do Figueirense, ironicamente, acontece em Feira de Santana, no mesmo estádio que gerou a punição. Mesmo longe de casa, Marcos Aurélio pede o apoio dos tricolores para sair de campo com os três pontos.

– Esse é o momento de todos se juntarem para fazermos o máximo dentro de campo. Tem jogo que não dá na técnica, mas a gana tem que falar mais alto. Esse jogo é chave para nós, jogando em casa. A gente sabe que a situação é incômoda, mas a gente pede também que os torcedores venham nos apoiar. Uma vitória contra o Figueirense será muito importante – diz o atacante.

Comentários
Carregando...