Nos números, Bale supera Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo no Espanhol

Por minutos em campo, Bale é mais produtivo que Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo no Espanhol

Gareth Bale começou a mostrar o motivo de ter causado a transferência mais cara da história do futebol

Gareth Bale começou a mostrar o motivo de ter causado a transferência mais cara da história do futebol

Neymar já fez gol em clássico com o Real Madrid – que o rendeu marcas expressivas -, ganhou um título e vive uma lua de mel com a torcida do Barcelona. Gareth Bale, por outro lado, foi chamado de ‘piscineiro' e sofreu com lesões em apenas três meses na capital espanhola. O início dos dois novos grandes astros do Campeonato Espanhol foi completamente distinto. No entanto, os números mostram o oposto.

Vamos votar:

A maior Torcida do Nordeste

A BELA Tricolor Katiely Kathissumi precisa do seu voto

Não deixe de ler:

Bahia tem conta bloqueada pela justiça

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

O começo do brasileiro em La Liga é realmente impressionante. Em nove jogos, foram três gols marcados e seis assistências. Como esteve em campo durante 649 minutos – sem contar os acréscimos das partidas -, ele precisa, em média, de 72,1 minutos para participar diretamente de um gol da equipe catalã.

Já o criticado Bale, graças à sua excelente atuação na vitória do Real sobre o Sevilla por 7 a 3, chegou à marca de três gols e três assistências nesta edição da competição. Porém, ele esteve menos da metade do tempo que ex-santista ficou nos gramados. O meia jogou apenas 270 minutos até o momento.

Dessa forma, o pivô da transferência mais cara da história do futebol mundial precisa, em média, de 45 minutos (ou um tempo) para dar um passe para gol ou ir à rede. A estatística de Bale é ainda superior se comparada aos dados das duas grandes estrelas do Espanhol.

Com 11 gols e três assistências em 990 minutos, Cristiano Ronaldo ajuda seu time a vencer o goleiro adversário uma vez a cada 70,7 minutos. Já Lionel Messi, autor de oito gols e passes para outros quatro, em 650 minutos que atuou, precisa de 54,1 minutos para ajudar a mexer no placar.

Artilheiro isolado do Espanhol e nome em destaque nos últimos dias no futebol internacional, Diego Costa soma uma assistência além dos 12 gols que fez nos 943 minutos em que esteve em campo, tem uma média de 72,53 minutos para participar de uma bola que o Atlético de Madri manda às redes.

"Foi uma grande noite e importante para minha condição física. Nós jogamos muito bem e tomara que possamos fazer mais jogos como esse no futuro. Eu me senti bem e atuei todo o jogo. Tenho que seguir melhorando e trabalhando duro para estar 100% o mais cedo possível", afirmou Bale após a partida ao site oficial do Real Madrid.


Fonte: André Donke – ESPN

Foto: Getty