Nota Oficial sobre denuncia de ‘gato’

Bahia emite Nota Oficial sobre denúncia de "gato" na base

Após a conquista do título da Copa Metropolitana Sub-17, que teve sua final disputada na tarde desta sexta-feira(14), o Esporte Clube Vitória – que perdeu por 3 a 1 para o Tricolor, denunciou o Clube adversário, que supostamente estaria praticando o 'Gato' no futebol.

O Bahia – que anunciou ter sido 'surpreendido com a denúncia de uma suposta irregularidade na documentação do atleta Josué, que defende nossa agremiação", emitiu nota sobre o assunto.

"O gestor da base do Bahia, Carlos Anunciação, que assumiu o cargo recentemente, recebeu a documentação da possível adulteração e o clube vai averiguar a situação do jogador. Caso seja comprovada a adulteração da documentação do atleta, as providências cabíveis serão adotadas. Assim como fez com todos os 300 atletas da base do clube, o Bahia verificou a autenticidade do documento apresentado pelo jogador Josué e buscou informações no seu último clube, que no caso dele, foi o Goiás. A equipe goiana não relatou nenhuma irregularidade em sua documentação  e informou que o mesmo foi liberado por excesso de atletas na mesma posição.

Ressaltamos que a falsificação de documentação de atletas no Brasil, principalmente na base, é um mal que pode atingir qualquer clube do país, como já aconteceu com inúmeras grandes agremiações, como nos casos de Sandro Hiroshi( São Paulo), Rodrigo Grahl(Grêmio), Carlos Alberto(Corinthians) e Elkeson(Vitória).

O próprio Bahia já foi vítima recente destas falsificações. As adulterações dos documentos dos atletas Geovani e Romilson foram descobertas pelo Bahia e os dois jogadores foram dispensados automaticamente. Estranhamos o fato do Vitória, segundo informações da imprensa, ter feito a denúncia somente após o fim da partida. Também é difícil crer que essa informação só chegou ao conhecimento do Vitória durante ou depois da partida final da competição.

Se o Vitória tinha conhecimento do assunto e preferiu omiti-lo até o fim do jogo, lamentamos a postura do nosso rival e informamos que se fosse o Bahia, a iniciativa seria inversa, informando a irregularidade assim que tivéssemos recebido a denúncia.

Com ou sem irregularidade confirmada, este fato não tira o brilho da conquista do bi campeonato invicto da Copa Metropolitana, competição que envolveu mais de 20 atletas do Bahia nesta vitoriosa campanha.

Reforçamos as congratulações aos atletas e membros da comissão técnica da equipe sub-17 do Bahia pela conquista de mais este título."

Na final da Copa Metropolitana, o Bahia sagrou-se bicampeão da competição da categoria de forma invicta, com 10 vitórias e dois empates. O torneio reuniu 32 equipes locais. O Tricolor jogava com a vantagem do empate na única partida decisiva diante do rubro negro, mas acabou vencendo e conquistou o título para a divisão de base."

Fonte: Redação Galáticos Online

Imagem: ECB