Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

‘Novo Bahia’ já nasceu velho…

5

‘Novo Bahia’ já nasceu velho…

Peço vênia aos amigos para fazer alguns comentários sobre as matérias dos diversos sites e jornais cujo objetivo está em comemorar 1 ano da gestão no ‘Novo Bahia’.

Afirmações são feitas por seus Dirigentes ou citações surgem em matérias jornalísticas parecendo que são escritas por funcionários PROXENETAS do clube ou, pelo menos, a pedido deles.

Não iria fazê-lo, haja vista o triste momento em que vivemos. E por estar sempre colocado como OPOSIÇÃO a qualquer gestão que lá estiver (Sim! ALGUÉM tem que fazer este papel, pois, segundo o pensador: “toda unanimidade é burra”, portanto salvei a cara de alguns) poderia precipitar, reverberar ou multiplicar qualquer situação deletéria que piorasse os péssimos resultados a que estamos submetidos.

1 – Dívidas:

  1. O Bahia tem usado reiteradamente como propaganda o pagamento de dívidas, entre elas “acordos trabalhistas”. Sobre isso, além de ser uma imposição legal, é necessário que seja feita uma apuração de “como e por quem” estão sendo feitos estes acordos. Simplesmente apresentar uma obrigação como grande realização de uma gestão não passa de uma piada de mau gosto. Ademais. Tem muito advogado rindo de orelha a orelha atualmente. Inclusive a de ex-funcionários(as), agraciadas com revelias. Esperamos que não. O tempo mostrará! Vide: ’OAB’: Ordem para Avacalhar o Bahia
  2. Além disso, em 2012 a dívida do clube era de R$ 61,2 milhões, segundo a revista Exame. Em 2013, recordemos, quando da intervenção, essa gestão que aí está, afirmou REITERADAS VEZES, baseada em auditoria proposta pela intervenção, que a dívida do clube era de R$ 83 milhões. Agora, segundo a mídia impressa mencionada, é de R$167,8 milhões, com variação POSITIVA de 174%. Por mais boa vontade que queiramos ter com o ‘Novo Bahia’, o “Presida” MGFilho “Deputa” de alguns, só geriu o clube durante 6 meses no ano que passou. Então perguntamos: este crescimento no passivo foi exclusivamente culpa dele? Contra números não podemos brigar. Alguém está mentindo. E não sou eu… Vide: Bahia é o clube que teve o maior crescimento nas dívidas em 2013

2 – Futebol

  1. Não é preciso falar do que está ocorrendo com o futebol. Ganhou o mambembe Campeonato Baiano, mas Copa do Nordeste, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro mostram a qualidade do que temos. Estamos na VICE-LANTERNA e com louvor. Não aleguem a Sul-Americana, pois jogamos contra o time B do Internacional. Ainda assim jogando sem vontade e num momento ruim.
  2. Foram 3 Gestores de Futebol – Fora o Vice Presidente e o Assessor Especial, 3 Técnicos,  27 jogadores contratados, muitos deles com idade avançada, sem jogar há muito tempo, ou muito mal tecnicamente; alguns nem vestiram a camisa… Ufa! Claro que além das promessas não concretizadas. Negociações quase sempre com o mesmo empresário, que “empurrou” sua lista de desempregados para a folha de pagamento do clube. A PÍFIA venda de Talisca para o Benfica; Quando pensávamos que os “grandes jogadores” chegariam, os poucos que temos foram embora. A cada viagem do Vice Presidente, uma saída. A ESTRANHA liberação de jogadores da Base BENEFICIANDO um ‘outro certo empresário’. Tudo isso sem contar a VERGONHA ALHEIA MUNDIAL do caso Romagnoli que alguns tentam minimizar. Vide: Y si Romagnoli…: 'Vine a decir que no vengo'
  3. Na Divisão de Base (conforme acima) liberações ‘estranhas’ de atletas sem qualquer ganho para o clube e até a perda por débito de FGTS do jogador ÍTALO MELO, Vide:  #PARTIU: Ítalo Melo ganha na justiça e ‘bate em retirada’ , tal qual na temerária gestão do “deposto, defenestrado, expulso, de cujus…’ como queiram.Tudo tal qual antes. Parece até que a Cálcio voltou. Ou então parece que tem uma “NOVA” Cálcio agindo internamente. Não sei! Não ‘temos’ como saber.

Empréstimos de garotos de 17, 18 anos, sem sentido ou maiores explicações para o exterior, passou a ser lugar comum. Precisou haver uma “grita” nas redes sociais para ser anunciada uma “sessão de testes” para o Red Bull. Senão, nós, “Inocentes, jamais saberíamos de nada”.

Se formos rigorosos, poderemos afirmar sem exageros: ‘Tudo como d’antes no Quartel de Abrantes’. Mudaram só os caranguejos…

4 – Gestão Profissional: Se resume a ‘empreguismo’, com altos salários. Mais nada. Os resultados mostram o quão profissional tudo está sendo gerido.

3 – Marketing

  1. Internacionalização da “marca” – Peço vênia mais uma vez aos amigos para contestar os alardes ufanistas de alguns: A Copa do Mundo foi no Brasil. Vários clubes de cidades sedes foram exaltados. Uns mais, outros menos. O Baiano é festeiro. O Torcedor do Bahia é debochado. A imprensa internacional também é competente. Não consta que vendam matérias ou façam favores. Fizeram seu trabalho histórico. Deveríamos ter aprendido com eles. O resto é “comercial”. Trazer para si benefícios de ações isoladas ou individuais (publicamos aqui 2 ações que nada tiveram com o clube, pois conhecemos as pessoas envolvidas) é APROPRIAÇÃO INDÉBITA da alegria alheia. O que torna tudo mais triste ainda. Parecem mais “pândegos” profissionais.
  2. Embaixadas – ‘Aparelhamento’ resume tudo.
  3. Patrocínios – reitero todos os termos do texto com link ao final deste tópico, frisando que falar de “ASSOCIAÇÃO”, que acabou de receber um tiro na testa dado pelo Conselho Deliberativo por questões políticas eleitoreiras, sem levar em conta o contexto histórico, beira um atentado à inteligência alheia. Não… Não beira! É um atentado!

É tão competente que o número adimplentes caiu pela metade. E se depender dos que detém o poder, cairá para os históricos “300”. Quiçá, agora 100. Assim a eleição estará garantida. Nem os filtros da (con)gestão anterior foram tão despóticos.

O contrato com a TIM foi apenas renovado. Tal qual foi feito com o Vicetória. Magazine Luiza não foi. Continuou no Vice. Qual a novidade? Os termos são sigilosos. As famosas cláusulas de confidencialidade continuam. Assim como qualquer informação sobre o FAMIGERADO FUNDO DE INVESTIMENTOS. Só frases perdidas dentro de contextos aleatórios.

De novo, só a Canaã e seu Fogão. Sim! Temos um FOGÃO! Lembrei-me do ônibus de MGF. Pois bem: se os termos do contrato nunca podem ser divulgados, coloquem a “camisa 10” no dito utensílio doméstico, e ponham-no para jogar. Seguramente ele 'colocará fogo' nos jogos e cozinhará mais ainda em “banho Maria” a consciência dos incautos. Lastimável! Vide: Marketing, Mercado, Quitanda ou, só um puxadinho?

Não quero me alongar. Algo de bom deve ter ocorrido neste ‘1 ano de Novo Bahia’. Talvez, eu com minha ignorância suprema não percebi. Talvez ainda, só vá perceber quando estivermos ganhando alguns ‘joguinhos’ na segunda divisão.

Como Democracia é apenas uma bela palavra escrita numa camisa azul, tal qual na Ditadura Militar já começo a preparar “receitas de bolo” para publicar. Alguns não sabem “brincar”. Até porque não é brincadeira. É NEGÓCIO! E muito lucrativo. Só não ‘sei’ para quem.

Poupo o Presidente. Pouco tem a ver com tudo isso. Brinco com amigos tratando-o como MC Schmidt. Pois, só aparece para apresentar contratações, ou ler notas quando o ‘show de horrores’ dá problemas. Alias, tem trabalhado muito pela idade que possui.

Pois é… O ‘Novo Bahia’ já nasceu velho. Apresentem-me a diferença dos demais. Inclusive no comportamento do Conselho Deliberativo… Amém!

Luis Peres é Co-fundador da União Tricolor Bahia, do site torcidabahia.com e colunista quando fica indignado

Comentários
Carregando...