Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Oito times tem aproveitamento de rebaixado; Veja quem…

4

Brasileirão tem oito times com aproveitamento de rebaixado

Criciúma tem a maior pontuação de um lanterna na 24ª rodada desde que o campeonato passou a ter 20 participantes. Veja raio-x de quem briga contra a degola

Se a disputa pelo título do Brasileiro está empolgando basicamente os torcedores do Cruzeiro, já que o líder tem oito pontos a mais do que o segundo colocado (o Inter), a luta para escapar da temida zona do rebaixamento está cada vez mais acirrada. Oito times apresentam performance de time rebaixado, ou seja, têm menos de 40% dos pontos disputados (29 pontos a essa altura do campeonato). São eles: Atlético-PR, Chapecoense, Botafogo, Bahia, Palmeiras, Vitória, Coritiba e Criciúma.

Desde 2006, quando o Brasileirão de pontos corridos passou a ter 20 clubes, esse cenário só aconteceu em 2008. Naquele ano, 44 pontos livraram da degola o Náutico, 16º colocado, no fim da disputa. No entanto, para o matemático Tristão Garcia, 46 pontos continuam sendo o mínimo necessário para fugir do rebaixamento neste ano, mesmo com tantos concorrentes com aproveitamento baixo.

INFO - Raio-X briga dos clubes contra o rebaixamento (Foto: Editoria de Arte)

Os 23 pontos do Criciúma fazem com que ele seja o lanterna com a maior pontuação a essa altura do campeonato desde 2006. Outro dado curioso envolvendo o Z-4 é que nunca a diferença entre o 17º e o 20º colocado foi tão pequena – somente dois pontos separam o Palmeiras do Criciúma.

– Isso mostra que este ano não temos nenhuma galinha morta, como o América-RN em 2007 ou o Náutico em 2013 – avaliou Tristão Garcia, que calcula 74% de risco de rebaixamento para o Criciúma, 65% para o Coritiba, 59% para o Vitória e 46% para o Palmeiras.

Ele cita Chapecoense 3 x 0 Atlético-PR como um jogo-chave da rodada passada na luta contra o Z-4.

– Se o Furacão tivesse vencido, estaria com 31 pontos, dois acima da média estipulada de 29 pontos, enquanto o time catarinense estaria no Z-4, com 24 pontos. O Flamengo conseguiu uma reação rápida e pouco provável na época, com cinco vitórias consecutivas. Agora temos que acompanhar que times terão força para repetir este desempenho e assim reduzir o risco de cair. O Fluminense, em 2009, conquistou 19 dos 21 pontos disputados nas últimas sete rodadas.

Se dividirmos as 24 rodadas do Brasileiro em três grupos de oito, é possível ter uma ideia de que times estão em evolução ou em queda. Dos oito principais candidatos ao rebaixamento, somente três tiveram um aproveitamento superior a 40% nos últimos oito jogos: Botafogo (42%), Bahia (46%) e Palmeiras (46%). O problema é que, mesmo se conseguirem esse percentual nas 14 rodadas restantes, podem ser rebaixados. O Alvinegro carioca, por exemplo, precisa de 48% para atingir 46 pontos (veja no infográfico acima).

Atuar em casa com o apoio da torcida, e de preferência contra um concorrente direto, poderá fazer a diferença. O Coritiba é o time que tem o cenário mais favorável neste caso: faz seis duelos contra equipes que brigam contra o Z-4, cinco deles em casa. Já o rival Atlético-PR disputará cinco jogos, mas apenas um com mando de campo seu. Chapecoense e Bahia também terão cinco duelos cada, sendo três em seus domínios. Botafogo, Palmeiras e Criciúma farão cinco partidas, mas só duas diante dos seus torcedores. O Vitória, por sua vez, fará quatro jogos, sendo três em casa.

Comentários
Carregando...