Pão e cerco

Pão e cerco

Então o presidente da FPF diz que eram “mil” nas ruas e “199 milhões de brasileiros trabalhando e esses (sic) querendo atrapalhar”…

Então o presidente da CBF diz que seria melhor “se toda a atenção estivesse voltada para o futebol”.

Então o presidente da Fifa diz que “o futebol é mais forte que a insatisfação das pessoas”.

Então eles seguem do mesmo jeito.

E nós seguimos fazendo barulho sem bagunça.

Vandalismo não se faz só com atos.

Truculência não é só policial.

Invasão não é só de patrimônio.

Queremos pão e circo. Queremos poder levantar a mão e a voz sem cerco. Tentando fazer e exigir o certo.

As tribunas e os tribunos precisam descer do pedestal.

Ninguém (ou quase ninguém) quer botar fogo.

Só quer ser ouvido. Entendido. Respeitado.

Não são apenas mil. Nem mais uma maioria silenciosa.

Fazemos barulho.

Que nos ajudem a fazer mais coisas.

Ao menos ouvindo.

Fonte: Blag do Mauro – Mauro Beting – Lance!net

Imagem: Internet