Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Perto da estreia pela Série B, Henrique vê diferencial no time: torcida e espírito

Henrique Atacante Bahia

Atacante Henrique do Tricolor destaca chegada de reforços à equipe e afirma que time precisa manter a “pegada” demonstrada contra o Vitória também na Série B

Encerrado o Campeonato Baiano, o Bahia foca, agora, nas competições nacionais. Nesta quarta-feira, a equipe enfrenta o América-MG pela Copa do Brasil. No sábado, pega o Avaí, em casa, pela Série B do Campeonato Brasileiro. E a meta é fazer diferente da temporada passada: para a torcida, o acesso tem que ser garantido em 2016.

Para o atacante Henrique, é do passado que o Bahia vai tirar a lição para fazer um futuro melhor. O jogador destaca o que viu na Arena Fonte Nova no último domingo, no clássico Ba-Vi, e afirma que a sinergia entre time e torcida, além do espírito guerreiro dos atletas, serão diferenciais para a equipe durante o Brasileiro.

– Foi bonito. Aquela torcida foi o diferencial no final ali. Nunca tinha visto aquilo na minha vida, tenho uma carreira curta, acho que vai ser difícil ver de novo. Foi bonito. Todo mundo saiu satisfeito, todo mundo está de parabéns, todo mundo correu o máximo, deixou sua vida ali no campo. Parabenizar a torcida, e a gente manter essa pegada, o espírito de guerreiro que todo mundo teve. Vai ser o diferencial para a gente na Série B e na Copa do Brasil – avaliou.

Henrique também destacou a chegada de reforços e analisou a partida desta quarta. Para ele, um elenco reforçado será importante na disputa de uma competição difícil como a Série B. Complicação que não fica apenas no Brasileiro, mas também na Copa do Brasil, como lembra o atacante.

– Vêm chegando reforços para ajudar na Série B, que não vai ser fácil. Tem muito time bom. Já joguei, sei que não é fácil. Quem está chegando, está vindo para ajudar. [O próximo] Jogo difícil. O América-MG foi campeão, vem forte para jogar contra a gente. Time fechado, tomar cuidado com os contra-ataques, tem jogadores fortes. A gente vai forte também. Não sei quem vai jogar, mas quem for vai dar o seu melhor lá – afirmou.

América-MG e Bahia se enfrentam às 21h45 desta quarta, no estádio Independência.

Leia mais:
Embalado por título, América-MG recebe o Bahia, que quer esquecer o estadual
Em parceria com Osid, Bahia recolhe 2,9t de alimentos para doação
Atormentado por lance do pênalti no Ba-Vi, Henrique vira opção para Doriva
Estão fora: Hernane, Edigar e Moisés. Bahia divulga lista de relacionados
Contrato chega ao fim, e Cicinho deixa o Bahia com dez jogos realizados
Sem Hernane mas com Renato Cajá. Bahia encerra preparação para encarar o América-MG pela Copa do Brasil

Fonte: Ge.com

 

 

Comentários
Carregando...