Potita quer superar desconfiança

Potita: o atacante de nome curioso que quer superar desconfiança

Ele substitui Marquinhos, vetado pelo departamento médico, na partida contra o Vasco, em Volta Redonda, neste sábado

Alessander Asloquer, 27 anos, atacante do Bahia. Mais conhecido como Potita, apelido que carrega desde a infância, ele é o provável substituto de Marquinhos na partida deste sábado (8), contra o Vasco, no estádio Raulino de Oliveira. Contratado pelo Bahia após ter se destacado no Campeonato Paranaense com a camisa do JMalucelli, o atacante ainda pouco conhecido encara a desconfiança no ambiente tricolor numa boa, mas pretende mudar o quadro.

"O momento que eu cheguei foi meio tumultuado, mas vejo o momento bom, o grupo querendo, diposto a enfrentar esse objetivo. Sou um jogador desconhecido, mas que quer provar dentro de campo. Deus me abençoou e venho correspondendo", disse Potita, que entrou ainda no primeiro tempo no duelo contra o Botafogo, quarta-feira, por conta da lesão de Marquinhos.

Sobre o apelido, ele diz não saber a origem. "Tenho o apelido desde a infância e não sei porque", contou aos risos, para depois falar sério. "Sempre foi assim, não pretendo mudar. Apelido não vai mudar nada dentro de campo". Potita entende as razões da desconfiança sobre o seu futebol, mas pede uma chance.

"É normal pela grandeza do Bahia, que foi contratar um jogador desconhecido. Como falei, fiz um Campeonato Paranaense bom, me destaquei e vim pra cá. Tenho que mostrar em campo. A única maneira de reverter essa situação é mostrar dentro de campo quem eu sou", falou Potita, que ainda não balançou as redes pelo Tricolor. "Espero que possa sair o gol em breve". O duelo contra o Vasco começará às 18h30 deste sábado. Será o último jogo do Bahia antes da pausa para Copa das Confederações.

Fonte: Hailton Andrade – iBahia.com

Foto: ECB