Poucas palavras e muitos gols

Poucas palavras, muitos gols: Fernandão é artilheiro da Série A

Com três gols em quatro jogos, atacante divide artilharia do Brasileirão com outros três jogadores, entre eles Maxi Biancucchi, do Vitória

Fernandão não faz o estilo do jogador falastrão. Homem de poucas palavras, ele prefere se manter longe dos microfones e, se pudesse, nem pisaria no Centro de Imprensa do Fazendão. Em uma das poucas coletivas que concedeu, nesta terça-feira, o atacante reforçou a fama de reservado.

– Sempre foi assim. Em todos os clubes que passei, nunca gostei de falar. Prefiro trabalhar dentro de campo. Quem tem que falar pelo grupo é o capitão – comenta.

Só que Fernandão é a bola da vez no Bahia. Contra o Botafogo, ele marcou dois gols, ajudou o Tricolor a conquistar o segundo triunfo consecutivo na Série A e, de quebra, amenizou a crise que ronda o Fazendão desde o primeiro semestre.

Atacante de muita garra, marcado pela disposição dentro de campo, o camisa 9 explica o que mudou no Bahia após a chegada do técnico Cristóvão Borges.

– O Bahia passou por uma situação difícil, mas acho que quem pode mudar isso são os jogadores. Só dependia da gente. Os jogadores precisam dar o máximo para conseguir o melhor. O nosso grupo está de parabéns. A gente sentou, conversou e falou. Não teve nada de lavar roupa suja, só nos cobramos mais – confessa.

Além dos gols contra o Botafogo, Fernandão também balançou as redes do Internacional e é um dos artilheiros do Brasileiro, com três gols, ao lado de Maxi Biancucchi (Vitória), William (Ponte Preta) e Éderson (Atlético-PR).

– Está começando o campeonato ainda. Tem muito jogo pela frente. Vou trabalhar firme para poder fazer os gols. Mas eu vou buscar essa artilharia – avisa.

Fernandão também é o principal goleador do Bahia na temporada, com seis gols em nove jogos disputados, à frente de Fahel e Obina, que têm quatro cada.

Fonte: Por Rafael Santana – GLOBOESPORTE.COM

Foto: ECB