‘Pressão já existe’

À frente do Bahia, Cristóvão evita meta de pontos: ‘Pressão já existe’

Treinador destaca que equipe ainda está em formação e diz que prefere trabalhar cada partida separadamente neste início de Brasileirão

'Agora a gente trabalha jogo a jogo', afirma o técnico do Bahia

cristóvão borges; bahia (Foto: Jayme Brandão/Divulgação/EC Bahia)

Com oito pontos em seis jogos, o Bahia é o 11º colocado do Campeonato Brasileiro. Mas a equipe quer mais. Sob o comando do técnico Cristóvão Borges e com 32 rodadas pela frente, a ideia do Tricolor é se manter na parte de cima da tabela. Para isso, no entanto, o treinador descarta estabelecer as chamadas mini-metas: atingir uma certa quantidade de pontos em determinada quantidade de jogos.

– Como a equipe está se formando e se definindo, a gente vai trabalhar jogo a jogo, pelo menos nesse início. Não dá para ficar estabelecendo metas, só quando a gente tem muitas coisas definidas, e não temos ainda muitas coisas definidas. Estamos procurando ainda muitas coisas. Encontramos o caminho, estamos seguindo e esperando respostas disso. Dependendo das respostas, vamos estabelecer metas – afirmou o técnico do Bahia, nesta terça-feira.

Para Cristóvão, a adoção das mini-metas poderia surtir o efeito contrário. Em vez de ajudar o Tricolor a deslanchar no Brasileirão, poderia servir como pressão excessiva sobre os jogadores.

– Agora a gente trabalha jogo a jogo. Já existe uma responsabilidade muito grande, uma pressão muito grande. Se você fica estabelecendo metas, é uma forma de botar uma pressão. A cobrança já existe, a pressão já existe, nós fazemos isso. Então não é necessário, neste momento, colocar mais, porque naturalmente tudo já é cobrado – disse.

O treinador ainda destaca a dificuldade inerente ao Campeonato Brasileiro, mas assegura que trabalha o time para estar preparado para quaisquer adversidades.

– Se a gente for olhar, o campeonato é decisivo o tempo inteiro. Se olharmos o campeonato, é o único do mundo em que oito, dez equipes, disputam o título. Independente de rodada, o último colocado jogar contra o primeiro e ganha do primeiro. Não tem facilidade. A gente se prepara sempre para o mais forte, para o melhor, independente do adversário.

Nesta quarta-feira, o Bahia enfrenta o São Paulo no Morumbi, em partida antecipada da 11ª rodada do Brasileirão. O confronto será realizado às 21h (horário de Brasília).


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: GLOBOESPORTE.COM

Foto: Jayme Brandão/Divulgação/EC Bahia)