Preto Casagrande confirma desfalque de Tiago e aponta Hernane e Edigar Junio no banco

Preto Casagrande estreia como técnico efetivo do Bahia contra o Atlético-GO (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

O Bahia encara o Atlético-GO na próxima segunda-feira, às 20h, no estádio Olímpico, com um desfalque confirmado. Na tarde desta sexta, Preto Casagrande, que fará a estreia como técnico efetivo, revelou que o zagueiro Tiago, em recuperação de um estiramento na face plantar do pé, não viaja com o grupo para Goiânia. O defensor não participou dos treinos realizados durante a semana, no Fazendão, e só deve voltar a trabalhar com bola no retorno do grupo a Salvador.

– O Tiago está fora, ele volta a treinar com o grupo assim que retornar de Goiânia. A ideia é que ele volte a treinar na quarta-feira, e aí vai evoluindo nos treinamentos para poder jogar contra o Cruzeiro – projetou.

Sem Tiago, a tendência é que Preto escale Rodrigo Becão como dupla de Lucas Fonseca no setor defensivo. Recentemente, o treinador tricolor ganhou o reforço de Thiago Martins, jogador que chega ao clube emprestado pelo Palmeiras. Mas o reforço ainda não está pronto para atuar como titular.

– Conversei com ele ontem após o treino, ele chama atenção na parte técnica e tática. É um líder também, já entrosou com os outros jogadores, mas ele vem de uma lesão grave, então também é preciso ter uma cautela, acompanhar melhor no dia a dia – disse Preto.

O Bahia também ganhou reforços no setor ofensivo. Edigar Junio e Hernane estão recuperados de lesões e voltam a ficar à disposição. Segundo Preto, a dupla deve ficar no banco de reservas e podem entrar no decorrer da partida.

– Na semana você já percebe a diferença, a gente teve a melhor semana de treinamento agora. Eles elevam o nível dos trabalhos em campo, mas a gente tem que ir com calma, é muito tempo fora, principalmente Hernane e Edigar. A ideia é levar eles para Goiânia, mas a gente tem que ter muita calma, porque não dá para jogar a 99%. O futebol exige que o jogador esteja com 100% para se dedicar os 90 minutos – explicou Preto Casagrande.

Com 26 pontos, o Bahia ocupa a 14ª posição da Série A e tenta se afastar da briga contra o rebaixamento.

Confira outras declarações de Preto Casagrande:

Análise do Atlético-GO
– Depois da participação do interino, o time (Atlético-GO) melhorou. Não só na pontuação, mas na parte tática. A gente precisa ter todo cuidado, temos trocado muita informação aí para ir lá tentando passar o máximo possível para os atletas. Nossa posição na tabela não nos dá possibilidade de pensar em outra coisa que não seja vencer o jogo.

Mauricio Copertino
– Maurício é um cara muito experiente, trabalhou com grandes treinadores. A gente tem trocado muita ideia. A relação é muito boa. Ontem a gente saiu para jantar, faço questão de levar ele para o hotel depois dos treinamentos, porque aí já vamos trocando outras ideias.

Fim da carreira em Goiânia
– Eu falo para todo mundo que parei nesse dia, porque depois tive uma experiência de um mês no Volta Redonda, mas acabei nem jogando. Eu sempre falo que parei em 2007, em jogo da Copa do Brasil, em Goiânia. Não vai ser no mesmo estádio, mas não deixa de ser uma recordação triste, do que foi o fim da minha carreira, aos 32 anos. Espero voltar lá e ter êxito na carreira como treinador.

Resultado e boa apresentação
– Da mesma maneira que buscamos o equilíbrio dentro de campo, esse equilíbrio é importante fora também. Conseguir pontos mesmo não jogando bem resolve nosso problema só por um lado. A gente espera, então, fazer um grande jogo e conquistar pontos.

Fonte: Globo Esporte

Leia também:
Sport x Bahia Ao Vivo pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Vem Liberta! Sport x Bahia se enfrentam na Ilha do Retiro pela 36ª rodada
Bahia finaliza preparação para o Sport e divulga lista de relacionados
Em reapresentação, Bahia inicia preparação para enfrentar o Sport