Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Que semana! Futebol arte e ‘arte’ no futebol: Dribles, defesas e ‘chuteira no saco’

0

Que semana! Futebol arte e ‘arte’ no futebol: Dribles, defesas e ‘chuteira no saco’

O cara é sacanagem! Mario Götze dá caneta desconcertante em jogo do Bayern de Munique

Götze aplica caneta desconcertante e sai rindo da jogada.

Götze aplica caneta desconcertante e sai rindo da jogada.

No último sábado, o Bayern de Munique voltou a vencer e se manteve na liderança do Campeonato Alemão. Uma vitória de 2 a 0 sobre o recém-promovido Colônia com gols de Götze e o tento contra de Daniel Halfar. Mas o grande destaque da partida foi a caneta fora de série que o responsável pelo título alemão na Copa do Mundo aplicou no capitão Brecko.

Já no minuto final do jogo, o mágico meia do Bayern chamou o camisa 2 adversário para  bailar e sem dúvidas a dança foi divertida. Götze deixou Brecko de castigo no chão e por pouco a jogadaça não terminou em gol. Detalhe para o momento de descontração do capitão e lateral Phillip Lahm que nitidamente riu do drible e do sorriso “eu sei que sou bom” do notável jogador Mario Götze.

Jogador húngaro dá show de habilidade

Jogador húngaro dá show de habilidade

No último final de semana, Mario Götze fez a festa da galera ao acertar uma caneta em Mišo Brečko que deixou o capitão do Colônia sem pai nem mãe. Mas parece que o alemão já ganhou um concorrente a altura no quesito drible. O húngaro Emir Dilaver, do Ferencvaros, tirou Szabolcs Schimmer para dançar e colocou a pelota entre as pernas do adversário de modo genial.

Ovinho, janelinha, caneta… Qual foi a melhor?

Golpe baixo! Jogador atira a chuteira em “partes íntimas” do rival

Em uma discussão acalorada as coisas podem fugir do controle, mas o meio-campista Tobias Werner, do Augsburg, parece ter passado dos limites. Inconformado com uma decisão da arbitragem, ele atirou sua própria chuteira contra o atacante Kevin De Bruyne, do Wolfsburg.

O calçado acertou uma região bastante sensível do corpo humano masculino, embora não tenha pegado em cheio, a julgar pela reação tranquila de De Bruyne. Veja a agressão abaixo, que aconteceu no Campeonato Alemão.

Goleiro da segunda divisão inglesa lembra defesa de Rodolfo Rodríguez

O grito de gol esteve três vezes na ponta da língua dos torcedores do Norwich, mas no final do lance eles colocaram as mãos na cabeça porque o goleiro Adam Collin simplesmente fechou o gol do Rotherham. Primeiro Collin fez uma bela defesa numa cabeçada e na sequência dois milagres a queima roupa. A singularidade da jogada pode ser percebida pelo som ambiente.

Os torcedores, que já acompanhavam o lance em pé, criaram um burburinho muito grande, mas a explosão que acontece quando sai um gol não apareceu. Os jogadores do Norwich não acreditaram no que ocorreu. A partida realizada no sábado valia pela segunda divisão do Campeonato Inglês que tem o Norwich como líder com 21 pontos. O Rotherham é o 17º e tem 12 pontos.

Comentários