Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Quem termina 2018 em alta e em baixa no elenco do Bahia

Lucas Fonseca, Gregore e Ramires se destacaram na temporada, enquanto que Edson e Allione tiveram rendimento abaixo do esperado

Elenco do Bahia saúda a torcida em Pituaçu (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
76

Em um ano considerado positivo, o Bahia fecha a temporada 2018 com o título do Campeonato Baiano, o vice-campeonato da Copa do Nordeste e a melhor campanha da sua história na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.

Com isto, alguns jogadores terminam a temporada bastante valorizados, porém outros não tiveram o rendimento esperado.

EM ALTA

Lucas Fonseca

Lucas Fonseca treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Lucas Fonseca treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Após passar pelo futebol chines, o defensor foi questionado ao retornar ao Tricolor, em 2016. Porém, Lucas Fonseca vem se provando cada vez mais importante para o sistema defensivo da equipe, sendo o zagueiro mais estável ao longo da temporada e titular absoluto em todo o ano.

Lucas Fonseca era conhecido por se envolver em confusões em campo, mas ele melhorou bastante, a ponto de ter recebido apenas cinco cartões amarelos em todo o Campeonato Brasileiro.

Gregore

Gregore treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Gregore treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Praticamente desconhecido ao chegar no início da temporada, o volante Gregore se tornou titular absoluto da equipe. Bastante importante na marcação, o jogador foi um dos maiores ladrões de bola no Campeonato Brasileiro. Além disso, ele mostrou ter boa chegada ao ataque.

A importância de Gregore na equipe se mostra na quantidade de partidas que ele fez na temporada: foram 63 jogos em 2018.

Ramires

Ramires treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Ramires treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Com apenas 18 anos, Ramires já se estabeleceu como titular absoluto da equipe e um dos principais nomes da temporada. O jovem meia estreou no mês de setembro, na partida contra o Sport. Logo na estreia, já mostrou seus dribles e chutou uma bola na trave. Com a boa sequência, o jogador já vem sendo observado por grandes clubes europeus, e o Tricolor já recebeu proposta por ele, mas nenhuma que convencesse a diretoria a vendê-lo.

Em 17 jogos com a camisa tricolor, Ramires marcou dois gols.

EM BAIXA

Edson

Edson treina pelo Bahia em Pituaçu (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Edson treina pelo Bahia em Pituaçu (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Titular da equipe em 2017, o volante, que pertence ao Fluminense, teve seu empréstimo renovado, mas a sua temporada de 2018 foi bem abaixo do esperado. Após cometer falhas no início da temporada, Edson perdeu espaço até se tornar a última opção para a posição.

O volante fez apenas cinco jogos na Série A, apenas dois como titular.

Allione

Allione treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Allione treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Após se destacar em 2017, Allione, teve seu empréstimo renovado junto ao Palmeiras. Porém, o meia argentino teve um desempenho muito abaixo do esperado e passou por uma situação complicada: após deixar o Bahia para assinar com o Racing, da Argentina, o jogador foi devolvido após, supostamente, ter sido reprovado nos exames médicos. Com isso, Allione voltou ao Tricolor e passou por um longo período no departamento médico e, mesmo após ter sido liberado, o meia quase não jogou.

Allione foi titular em apenas uma oportunidade no Campeonato Brasileiro e marcou um gol.

Comentários
Carregando...