Recorde!!

Brasileirão começa com maior número de técnicos demitidos desde 2008

Quatro treinadores perderam o emprego antes da pausa para a Copa das Confederações; no ano passado, apenas um havia sido dispensado nesta altura do campeonato


Quatro treinadores já perderam seus empregos em cinco rodadas do Brasileirão 2013. O número interrompe uma sequência de quedas de demissões observada ao longo da era dos pontos corridos. O número de degolas nesta temporada é o maior desde 2008.

Muricy Ramalho, Silas, Guto Ferreira e Jorginho foram dispensados por Santos , Náutico , Ponte Preta e Flamengo , respectivamente. Este número foi superior somente cinco anos atrás: Geninho, Gallo, Ney Franco, Leão, Cuca e Abel Braga perderam seus lugares à frente de Atlético-MG, Figueirense, Atlético-PR, Santos, Botafogo e Internacional.

Em 2009, dois técnicos haviam sido mandados embora até a quinta rodada: Nelsinho Baptista pelo Sport e Geninho no Atlético-PR. O mesmo acontecer no ano seguinte: o Palmeiras demitiu Antônio Carlos e o Internacional mandou embora Jorge Fossati.

Vale lembrar que, tanto em 2009 como em 2010, treinadores que começaram o torneio como interinos foram substituídos. Em um ano, Marcelo Rospide iniciou a competição no Grêmio. Em outro, o Brasileirão viu Gaúcho no Vasco e Leandro Niehues no Atlético-PR nas primeiras rodadas.

O número voltou a cair em 2011 e 2012. Em cada uma destas temporadas, apenas um técnico perdeu o emprego nesta altura da competição. Cuca foi despedido do Cruzeiro há dois anos, enquanto Adilson Batista deixou o Atlético-GO.

A queda foi interrompida em 2013. Se a média observada até aqui nesta temporada for mantida, mais 26 treinadores ainda serão demitidos no Brasileirão. No ano passado, foi um total de 20 trocas.

No entanto, enganam-se os dirigentes que pensam que mudar o comando da equipe no início do campeonato é receita para o sucesso. Nunca um time nesta situação foi campeão nacional ou conseguiu vaga na Copa Libertadores. E, sempre pelo menos um destes clubes terminou o ano rebaixado ou brigando para não cair.

TIMES QUE DEMITIRAM TÉCNICOS ATÉ A 5ª RODADA DO BRASILEIRÃO

ANOS    EQUIPES E POSIÇÃO QUE TERMINOU O CAMPEONATO (*rebaixado)

2008      *Internacional (6º), Botafogo (7º), Atlético-MG (12º), Atlético-PR (13º), Santos (15º) e Figueirense (17º)*

2009      Atlético-PR (14º) e Náutico (19º)* e Sport (20º)*

2010      Internacional (7º) e Palmeiras (10º)

2011      Cruzeiro (16º)

2012      Atlético-GO (19º)*

2013      Santos, Náutico, Ponte Preta e Flamengo

Fonte: Pedro Taveira – iG São Paulo

Fonte: Internet