Renê Júnior quer o Bahia jogando pra cima do Palmeiras na Fonte Nova

Renê Júnior comemora gol contra o Atlético-GO (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

O Esquadrão de Aço enfrenta o Palmeiras neste domingo (18) em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h, na Arena Fonte Nova. O Bahia tem que mostrar toda sua força neste jogo contra o atual campeão brasileiro para se firmar na parte de cima da tabela.

Em entrevista, o volante Renê Júnior demonstrou respeito com o Palmeiras em suas palavras, entretanto, garantiu que o Tricolor de Aço vai se manter ofensivo contra o alviverde paulista para conseguir os três pontos.

 

O Palmeiras é o atual campeão brasileiro, tem todo nosso respeito, mas dentro da nossa casa temos que impor nosso mando de campo. Temos feito grandes jogos em casa e mesmo sendo contra o campeão brasileiro vamos jogar para cima – afirmou.

O Palmeiras é o atual campeão brasileiro, entretanto não está num bom momento no campeonato. Em seu último jogo, o time paulista perdeu para o rival Santos pelo placar de 1 a 0. O time Alviverde está na 15ª colocação com apenas sete pontos conquistados nas sete partidas que disputou, tendo um aproveitamento de 33.33%. Por outro lado, o Bahia está com 10 pontos e ocupa a sexta posição na tabela.

Renê Júnior falou também sobre o fato de que o Tricolor não marcou gols nos dois últimos jogos. O Bahia perdeu por 1 a 0 para o Grêmio e empatou em 0 a 0 com o Coritiba. Os jogos foram fora de casa. Porém, Renê espera que diante do Palmeiras o final seja diferente.

Começa por todo mundo, não é só o ataque. Nesses dois jogos a bola não entrou, mas foram contra grandes defesas, assim como a nossa é. Mas dentro de casa agora vamos nos esforçar para conquistar um grande resultado – finalizou.

Via Bahia Noticias

Leia também:
Mendoza retorna e Bahia tem 22 relacionados para enfrentar o Flamengo
Bahia encerra preparação para enfrentar o Flamengo focando no posicionamento
Bobô critica a atual diretoria do Bahia e fala em candidatura
Fazendo mistério sobre os titulares, Carpegiani não descarta Hernane: “Boa opção”