Saudade do campo

Com saudade do campo, Marquinhos Gabriel avalia 'novo' esquema utilizado por Cristóvão Borges

Jogador disse sentir falta da competitividade do Brasileirão e está ansioso para voltar aos gramados


Ansioso para voltar aos gramados. Assim está o meia Marquinhos Gabriel, titular da equipe do Bahia. Em período de intertemporada, os tricolores têm enfrentado uma verdadeira 'maratona' de treinos – embora o clube só esteja treinando em um turno por dia, os trabalhos têm sido bastante intensos. Trabalho puxado, no entanto, não assusta ao meia, que elogiou a forma com que o técnico Cristóvão Borges tem conduzido e aproveitado o tempo sem jogos – por conta da paralisação para a Copa das Confederações -, mas admitiu não ser suficiente para matar a vontade de atuar.

Fora dos gramados desde o triunfo do Bahia diante do Botafogo, no dia 5 de junho, o jogador espera poder voltar à ativa já na partida diante do Corinthians, que marcará o retorno do Campeonato Brasileiro, no dia 7 de julho. “Chegamos em casa cansados depois dos treinos, está sendo muito proveitoso, mas sentimos falta dos jogos, da competitividade (do Brasileiro)”, revelou.

Sem medo

Durante os treinamentos da semana, o técnico Cristóvão Borges abriu mão do esquema de três volantes, bastante utilizado pelos últimos treinadores que passaram pelo time baiano, e tem adotado um esquema com dois volantes e três meias (4-2-3-1). Para Marquinhos, isso não faz muita diferença. “Para mim, não muda muita coisa. Sou um jogador de beirada, que acompanha o lateral até o final. Com três volantes, a gente não precisava jogar tão fechado, agora vamos fechar mais um pouco, mas isso a gente pega fácil nos treinos. A intertemporada está sendo muito boa, ainda mais para mim, que voltei antes do tempo previsto”, disse com tranqüilidade e confiança.

Segurança, aliás, é a palavra de ordem para Marquinhos – como prefere ser chamado. Confiante no trabalho que está desempenhando, o atleta não demonstra preocupação quando o assunto é a contratação de um novo meia para compor o elenco do Bahia. “Os jogadores que estão aqui, estão fazendo bom trabalho e dando bastante assistência, mas quem vier, certamente vai ser bem-vindo e vai nos ajudar”, disse, sem medo de perder o posto de titular.

Marquinhos sentiu a coxa durante o confronto contra o Botafogo e ficou de fora dos últimos jogos do Bahia que antecederam à paralisação para a Copa das Confederações. Recuperado, o jogador voltou a treinar antes do previsto, recuperou a forma física e está à disposição para ser utilizado pro Cristóvão no próximo jogo, às 16h do dia 7 de julho, diante do Corinthians, na Arena Fonte Nova.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Fernanda Varela – Correio*

Fotos: Reprodução Correio*