Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Schmidt paga salários e rechaça rebaixamento

0

'Tudo na conta': Schmidt se reúne com atletas e anuncia pagamentos

Presidente do Bahia vai ao Fazendão e confirma pagamento de salários e premiações atrasadas aos jogadores do Tricolor: 'Grande novidade'

Fernando Schmidt em visita ao Fazendão
Fernando Schmidt, presidente do Bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

Um dia depois da eliminação na Copa Sul-Americana, o Bahia teve um dia importante. O presidente Fernando Schmidt e toda a diretoria executiva estiveram no Fazendão para uma reunião com o elenco. Durante a conversa, Schmidt anunciou o pagamento da folha salarial e das premiações, que estavam atrasadas.

– Tivemos uma conversa franca com os jogadores. Destacando a importância deles nesse tripé entre jogadores, diretoria e torcida, para que, unidos, superemos as dificuldades – disse.

– Anunciamos que foi tudo pago. O salário está em dia. As premiações também. Tudo na conta. O que é uma grande novidade para o Bahia e acho até que fora do Bahia também – anunciou.

Schmidt também anunciou que, a partir de agora, a diretoria executiva vai se reunir uma vez por semana no Fazendão.

– A partir de semana que vem, decidimos que uma vez por semana iremos nos reunir aqui. Vamos ter um gabinete aqui na parte baixa do Fazendão. Não tem sentido que problemas que podem ser resolvidos aqui sejam levados lá para o escritório, e a resposta só chegue aqui dois ou três dias depois – avaliou.

– Vamos estabelecer uma relação mais próxima com os jogadores. Eles são o nosso carro-chefe, e temos muita confiança não só para esses jogos que restam em 2013, mas também para 2014, quando queremos ter uma equipe formada nos padrões do Bahia. Um time vencedor e competitivo que entra para ganhar – disse.

Presidente Fernando Schmidt tem reunião com jogadores do Bahia no Fazendão (Foto: Divulgação/E.C. Bahia)

Presidente e diretoria executiva têm reunião com jogadores do Bahia

BELAS DA TORCIDA:

A Bela Tricolor Katiely Kathissumi conta com seu voto

Não deixe de ler:

Bahia 1 x 0 Atlético Nacional – Penaltis – Melhores Momentos

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Schmidt minimiza risco de queda e diz que não haverá 'bicho' extra

Após reunião com os jogadores, presidente do Bahia faz críticas ao modelo do futebol brasileiro e diz que manutenção na Série A é função do elenco

'Não existe essa ameaça', diz Schmidt sobre perigo de rebaixamento

Fernando Schmidt, presidente do Bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

Apesar da incômoda posição do Bahia na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro [16º colocado, com três pontos a mais que o Vasco, primeiro time na zona de rebaixamento], os jogadores e membros do clube preferem manter o otimismo. Na tarde desta sexta-feira, após uma reunião com o elenco tricolor, o presidente da agremiação, Fernando Schmidt, falou sobre a situação do Bahia no Brasileirão. O dirigente mantém a confiança no grupo e crê que o time não estará entre os rebaixamento da competição. Para ele, a ameaça é “apenas” matemática.

– Não existe essa ameaça, a não ser aritmeticamente. Eu tenho certeza que todos os jogadores darão o melhor de seus esforços, ainda que alguns estejam atuando no seu limite por conta de um calendário mal feito. Apesar disso, eles vão unidos para superar um o limite do outro, para um desempenho satisfatório que manterá o Bahia na serie A – garantiu.

Confiante na continuidade do time na Série A, Fernando Schmidt não pretende estabelecer premiações a mais em caso de fuga do rebaixamento. Após anunciar aos jogadores o pagamento de salários e 'bichos' atrasados, o presidente destacou que não discutiu e nem vai colocar em pauta o 'extra' para um desfecho positivo no Brasileirão. Para Schmidt, a manutenção do Tricolor na Série A se enquadra nas funções que se espera que sejam desempenhadas pelo elenco.

– Entendemos que haverá uma gratificação normal, mas não uma premiação extra. Até porque entendemos, dentro daquele trinômio diretoria-torcida-jogadores, que essa é a função que devem exercer – destacou.

Schmidt ainda afirmou que é preciso ressaltar ao grupo a importância da continuidade do Tricolor na Série A por conta do momento histórico vívido pelo futebol brasileiro. Com críticas ao atual modelo da modalidade no país, o primeiro presidente do Bahia eleito pelo voto direto disse aguardar uma nova realidade em 2014.

– Temos que mostrar a importância que existe na continuidade do Bahia na Primeira Divisão, não só pelo futebol no ano de 2013. Estamos num momento de reformulação do futebol brasileiro. E seguramente a partir de 2014 vamos conhecer uma nova realidade, que não pode ter esse futebol esculhambado que herdamos até 2013 – opinou.

Em 16º lugar no Brasileirão, o Bahia tem apenas três pontos a mais que o Vasco, 17º colocado e primeiro time na zona de rebaixamento. Neste domingo, o Tricolor vai enfrentar, na Arena Fonte Nova, o Atlético-PR, 3º colocado com 51 pontos.


Fonte e foto: Eric Luis Carvalho

Foto: Eric Luis Carvalho e Divulgação/E.C. Bahia

 

Comentários