Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Schmidt solta o 'verbo'

3

Conversa com atletas, risco de queda e salários: Schmidt abre o jogo

Antes do treino desta sexta (25), cartola tricolor se reuniu com os jogadores. Clube pode terminar a rodada na zona de rebaixamento

Após a eliminação na Copa Sul-Americana e o momento delicado no Campeonato Brasileiro, o presidente do Bahia, Fernando Schmidt, se reuniu com os jogadores para uma longa conversa antes do treino desta sexta-feira (25), no Fazendão.

Entre os temas tratados, Schmidt falou sobre o risco iminente de queda para a Série B, a união dos atletas com a torcida e direção e o pagamento dos salários. O Tricolor quitou a folha do mês de outubro. Neste domingo, o Esquadrão encara o Atlético-PR, na Fonte Nova. Em caso de derrota, o time pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

BELAS DA TORCIDA:

A Bela Tricolor Katiely Kathissumi conta com seu voto

Não deixe de ler:

Bahia 1 x 0 Atlético Nacional – Penaltis – Melhores Momentos

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Presidente tricolor não acredita em risco de rebaixamento para a Série B

Conversa com os jogadores

"Eu tive uma conversa muito franca com os jogadores, mostrando a importância deles dentro desse trinômio da nação tricolor, que é a torcida, os dirigentes e os jogadores. Cada um com seu papel, mas que precisam trabalhar integrados e unidos para superar as dificuldades e vencê-las. Pretendemos estabelecer uma relação mais próxima com os nossos jogadores, que é o carro chefe do nosso time, e a grande esperança e confiança que nós temos, tanto este ano, no que falta do Campeonato Brasileiro, quanto no próximo, que pretendemos ter um time formado dentro dos padrões do Esporte Clube Bahia, que é vencedor, competitivo, e que entra nos campeonatos para vencer".

Risco de rebaixamento

"Eu acho que não existe essa ameaça. Aliás existe aritmeticamente, nem matematicamente. Mas eu tenho certeza que todos os jogadores darão todos os seus esforços, apesar que de que alguns estão atuando nos seus limites, fruto de um calendário muito mal feito. Mas apesar disso eles vão unidos superar os limites e conseguir um desempenho satisfatório para manter o Bahia na Série A do Campeonato Brasileiro".

Salários e gratificações

"Todos os salários foram pagos. Está tudo em dia. Nenhum problema em relação a isso, o que é uma novidade dentro do Esporte Clube Bahia, e acho que até fora do Bahia também. Quanto a gratificação tudo será negociado. Uma parte será garantida. Nós estamos considerando que haverá uma gratificação normal, até porque entendemos que dentro daquele trinômio que eu falei, dirigente, torcida e jogadores, que essa é a função que os jogadores devem exercer".

Papel da diretoria

"Dar apoio e mostrar a importância que existe na continuidade do Bahia na primeira divisão, não só no Campeonato Brasileiro. Nós estamos vivendo um momento de reformulação completa do futebol brasileiro. Um movimento que envolve vários setores, como o governo, a CBF, os jogadores de futebol, e vamos em 2014, coincidentemente com a Copa do Mundo, conhecer uma nova realidade do futebol Brasileiro, que não pode receber como legado um futebol esculhambado, como o que herdamos até aqui".


Fonte: IBahia

Foto: Robson Mendes – Correio

Comentários
Carregando...