Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Só Irmã Dulce e o Senhor do Bonfim juntos para salvarem o time do Bahia

0

Só Irmã Dulce e o Senhor do Bonfim juntos para salvarem o time do Bahia

O clima é tenso. Se já não fosse complicado enfrentar o Cruzeiro, líder absoluto e isolado do Campeonato Brasileiro, na Arena Mineirão, em Belo Horizonte, o Bahia desembarcou ontem à tarde na capital mineira levando uma mala de problemas, dentro e fora de campo.

Na 'lanterna', com o 2º pior ataque da competição – 11 gols em 19 jogos – dentro de campo o técnico Gilson Kleina não vai poder contar com nove jogadores para esta partida da 20ª Rodada, que abre a fase de volta da Série A.

Fora de campo, a cada dia a situação fica mais tensa, e compromete a tranquilidade dos jogadores. Além da agressão ao zagueiro Titi, que teve seu carro apedrejado na saída do CT do Fazendão, um jogador do grupo, que por motivos óbvios não quis se identificar, postou na rede social uma declaração de que o clube está com dois meses de salários atrasados, responsabilizando os dirigentes pela má campanha do time no Brasileiro.

"A gente cheio de coisa pra pagar, filho….vai juntando as coisas aí complica tudo. Preste atenção, tem cara que não quer nada", disse através de mensagens pelo Whatsap, revelando que pelo menos para os jogadores do Bahia, não existe clima de tranquilidade para o time conseguir jogar o seu melhor futebol e salvar o time do rebaixamento para a 2ª Divisão.

Antes mesmo do embarque da delegação para Belo Horizonte, a assessoria de imprensa do Bahia enviou para a imprensa a seguinte mensagem: “Demerseon vetado também, Adaílton entrou no seu lugar. Diego Macedo, Ronyeri, Demerson, Pará, Uellinton, Lincoln, Marcos Aurélio, Henrique e Kieza. São 9 desfalques”, pelos mais diversos motivos, como contusão, suspensão e até por força de contrato, como Uellinton, que veio para o Tricolor, emprestado pelo Cruzeiro, mas também suspenso pelo 3º cartão amarelo.

Com tantos problemas, a delegação do Bahia que embarcou ontem à tarde para Belo Horizonte, foi um “festival de surpresas”, com a convocação de jogadores como o lateral Galhardo, o volante Bruno Paulista,  o volante Feijão e os atacantes Maxi Biancucchi e Alessandro, que foi chamado pela primeira vez, mas não começa jogando contra o Cruzeiro.

Gilson Kleina escala 3 volantes no jogo do Bahia contra o Cruzeiro no Mineirão

Inaugurado em 1965 como Estádio Governador Magalhães Pinto, o maior estádio de Minas Gerais ganhou o nome de Mineirão. Restaurado, reconstruído para a 20ª Copa do Mundo FIFA no Brasil, foi reinaugurado como Arena Mineirão.

Mas o destino decidiu “batizar” a arena mineira de “Minerazzo”, e assim vai ser conhecido por muito tempo, numa alusão à maior tragédia dos 100 anos do futebol brasileiro, com a goleada de 7 a 1 para a Alemanha, que eli9minou a seleção brasileira das finais do Mundial.

E vai ser lá, no “Minerazzo” que o Bahia, todo “quebrado” vai encarar o Cruzeiro esta noite, às 20h30min, no fechamento da 20ª Rodada da Série A do Brasileiro. Fazer o que cidadão?

O técnico Gilson Kleina encerrou os trabalhos para esta partida mostrando a tendência de fechar os espaços para o futebol de toques e velocidades do líder da Série A, com a escalação de três volantes, jogadores de marcação, no meio-campo: Fahel, Rafael Miranda e Léo Gago.

Mas isso não significa que o Tricolor será um time recuado, defensivo, contra o Cruzeiro. Pelo menos, no papel, na escalação, o Tricolor vai tentar surpreender o adversário mineiro com três jogadores de muita velocidade no ataque: Rafinha, Rhayner e Maxi Biancucchi, que reaparece depois de três jogos fora dos planos do time no Brasileiro.

Na defesa o garoto Railan, das Divisões de Base do Fazendão, volta à lateral-direita e Lucas Fonseca, que foi destaque contra o Internacional na Copa Sul-Americana, é mantido ao lado de Titi, formando a dupla de zaga.

O goleiro Marcelo Lomba chegou a ser dúvida, mas viajou com a delegação Tricolor ontem à tarde para Belo Horizonte.

Goleiros – Marcelo Lomba e Douglas Pires

Laterais – Railan, Galhardo, Bruno Paulista e Guilherme Santos

Zagueiros – Titi, Demerson e Lucas Fonseca

Volantes – Léo Gago, Feijão, Rafael Miranda e Fahel

Meias – Branquinho e Emanuel Biancucchi

Atacantes – Alessandro, Maxi Biancucchi, Rafinha, Wiliam Barbio e Rhayner.

Comentários