Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Sobre rebaixamento Maxi promete: ‘vamos lutar’

11

Maxi Biancucchi fala sobre risco de rebaixamento e promete: "vamos lutar"

Atacante não marcava há seis meses e comemorou ajuda no triunfo do Bahia

Por uma tarde, os problemas ofensivos sumiram. Segundo pior ataque do Brasileirão, o Bahia deixou a estatística negativa no vestiário do Joia e pisou no gramado de Feira para despachar o Figueirense por 3×0 e, de quebra, marcar três gols pela primeira vez em 20 rodadas da Série A.

Por sinal, guardar três no adversário é tão raro que essa foi só a segunda vez em 47 jogos no ano. Para quem não lembra, a outra oportunidade aconteceu no triunfo por 3×2 sobre o Vitória da Conquista, dia 16 de março, no estadual.

De tão iluminada, a tarde em Feira ainda teve o brilho dos atacantes, que vinham de mal com o gol. Kieza fez dois e se isolou na artilharia da equipe na Série A, com quatro gols. Para completar a inspiração diante dos catarinenses, Maxi encerrou um jejum de quatro meses e dez dias.

Toque por cima do goleiro Tiago Volpi, terceiro gol em 32 partidas pelo Bahia e um presentão de aniversário de 30 anos, comemorado ontem. Na festa após o gol, ganhou o clamor dos companheiros: “Um jogador faz o gol e todo mundo abraça. Não merecemos estar nessa situação. Estamos melhorando e vamos lutar até o final para sair desta posição”, comentou Maxi, ciente da situação de risco do Bahia, atual vice-lanterna do Brasileiro, com apenas 20 pontos.

Garoto

Ainda preocupado com a produção ofensiva da equipe, Gilson Kleina tomou uma atitude caseira para tentar amenizar a situação. Após a negativa do Palmeiras para liberar os meias Mazinho e Patrick Vieira, o técnico promoveu o meia Rômulo, do time sub-20. O garoto, que já treinou ontem na equipe profissional, chega com o aval do auxiliar Charles Fabian, com quem trabalhou no júnior.

Comentários
Carregando...