Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Após súmula do Ba-Vi ser entregue ao TJD-BA, julgamento pode ocorrer na próxima semana

Julgamento poderá ocorrer no dia 27

Ba-Vi no Barradão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
266

A súmula do polêmico Ba-Vi deste domingo (18) já está no Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA). A partida contou com uma grande confusão, nove jogadores expulsos e o término do jogo aos 34 minutos do segundo tempo pelo número insuficiente de atletas do Vitória em campo.

Roberto Araújo, secretário geral do TJD-BA, confirmou, nesta terça-feira (20), que a súmula está na posse do procurador Hermes Hilarião Teixeira Neto. Possivelmente, a denúncia será entregue à corte até esta quinta-feira (22), possibilitando a realização de um julgamento já na próxima semana:

Roberto Araújo falou ao site Globo Esporte:

Recebemos ontem a súmula. O procurador tem o prazo de dois dias para elaborar a denúncia. O prazo começa a partir de hoje. A previsão é de que até quinta-feira entrega [da denúncia]. Como é uma súmula problemática, vai ter que ter um pouco mais de primor, pode levar um pouco mais de tempo. Mas a previsão é para quinta-feira. Se for cumprido, poderemos fazer o julgamento no dia 27 deste mês. Então teremos o sorteio das comissões para ver quem vai julgar. Isso em primeira instância

A conduta dos nove jogadores expulsos deverá ser julgada pelo TJD. Segundo a súmula, Edson, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca, Kanu, Denílson e Rhayner foram expulsos por “conduta violenta”. Vinícius levou o vermelho por “comemorar o gol da sua equipe em frente à torcida adversária fazendo gestos obscenos provocando a mesma”. Depois da confusão, Uillian Correia foi expulso ao receber seu segundo amarelo, assim como Bruno Bispo.

Também poderá ser avaliado pelo tribunal o comportamento do zagueiro Bruno Bispo e do técnico Vagner Mancini. O técnico foi registrado pelas câmeras da transmissão da partida passando instruções para Ramon, que, no campo conversa com Fernando Miguel e Bruno Bispo antes da última expulsão do Ba-Vi, que provocou o final do jogo. Um especialista em leitura labial analisou a conversa, a pedido da TV Bahia, e segundo ele, Mancini passou a instrução autorizando Bruno Bispo a forçar a expulsão.

Comentários
Carregando...