Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Técnico do Santa Cruz se desculpa por cabeçada em auxiliar do Bahia

Treinador do Santa pede desculpas pela atitude no duelo contra o Bahia (Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press)

Arrependido pela agressão desferida no auxiliar técnico da equipe baiana, Eduardo Souza, técnico do Santa Cruz disse ter ligado para pedir desculpas

O Santa Cruz venceu o Bahia por 1 a 0 em plena Arena Fonte Nova. Classificou-se para a primeira final da Copa do Nordeste em toda a sua história. Porém, uma cena chamou atenção: a cabeçada do técnico Milton Mendes no auxiliar técnico do Tricolor de Aço, Eduardo Souza. Como consequência, o treinador coral foi expulso e terá de cumprir suspensão no primeiro duelo da final, contra o Campinense-PB, no Arruda. Depois da partida, Milton não quis falar sobre o episódio. Mas quebrou o silêncio e pediu a palavra para explicar a situação.

Não costumo falar sobre o que passou, mas isso é uma coisa que mexeu bastante comigo e com as pessoas envolvidas. Eu queria falar sobre o que aconteceu domingo. Depois de tantas coisas negativas que aconteceram durante o jogo, erros cometidos das duas partes, estou para falar sobre meu erro. Eu fiz com que as pessoas que estavam vendo o jogo vissem um exemplo negativo. As pessoas têm de dar os exemplos para serem seguidos. Dei um exemplo ruim.

Milton Mendes revelou ter ligado para Eduardo, que foi agredido com a cabeçada, e pediu desculpas. Aproveitou para se desculpar com todo o elenco, comissão técnica e torcida do Bahia.

Liguei para Eduardo, assistente do Doriva, e pedi desculpas. Queria pedir desculpas a todo mundo. Todo mundo do Bahia, os envolvidos e os torcedores. Naquele momento, a minha reação foi insensata. Foi em um momento que eu estava calmíssimo, mas, em um segundo, fiz uma coisa negativa. Assumo meu erro por mais que as provocações existissem, por mais que existissem muitas coisas para nos tirar do sério, eu, como líder, devia me manter no patamar. Sou ser humano. Quero colocar um ponto final nisso tudo.

Foi a primeira expulsão de toda a carreira de Milton Mendes como treinador, segundo ele. A inquietude que o acometeu depois do episódio o fez falar.

Foi tudo duro para mim mesmo. Por isso, resolvi me posicionar. Eu sempre penso no que é o melhor para o esporte, que une muita gente. Meu exemplo não foi positivo. Nunca aconteceu isso na minha vida. Foi a primeira vez que foi expulso como treinador. Então calculem como foi duro para mim.

Leia mais:
Quem são os melhores goleiros do Brasil na opinião dos próprios goleiros
Bahia e Fluminense de Feira. Ingressos para partida estão à venda
Luisinho vê pressão por Campeonato Baiano: “Esse é o foco”
Sub-20 está pronto para decisão na Fonte Nova
Clássico baiano – Bahia x Fluminense de Feira
Bahia treina na Fonte Nova e Doriva vai definir equipe
FBF divulga arbitragem de partidas de volta das semifinais do Baianão

Fonte: Ge.com
Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Comentários
Carregando...