Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Torcedores do Bahia protestam contra preço do estacionamento na Arena Fonte Nova

Protesto se deu após a descoberta da desigualdade dos preços cobrados pela empresa Estapar em outros eventos no estádio

Diferentes preços cobrados no estacionamento da Arena Fonte Nova (Foto: Divulgação)
37

Um grupo de torcedores do Bahia foi às redes sociais para protestar contra os preços do estacionamento da Arena Fonte Nova. O motivo para o protesto foi o fato de que o preço cobrado em uma festa para advogados no estádio foi de R$ 10, enquanto que, nos jogos do clube, o preço do estacionamento é de R$ 25 e R$ 35, nos setores N2 e N3, respectivamente.

Nas redes sociais, principalmente no Twitter, a torcida tricolor vem usando a hashtag #NãoEstacioneNaFonte, reclamando da desigualdade nos preços praticados pela empresa Estapar, que cuida do serviço dentro no estádio.

Em entrevista ao site Bahia Notícias, Alexandre Jatobá, sócio do clube, falou sobre a situação:

A torcida do Bahia está muito chateada com a cobrança dos estacionamentos pela Estapar, empresa que presta o serviço. O que acontece constantemente é que eventos na Arena que não são jogos do Bahia tem preços menores. No último sábado, foi realizado um evento para advogados no Lounge da Arena Fonte Nova, e o estacionamento foi de dez reais. Já fui para outros eventos e eles cobraram 20 reais

O torcedor ainda completou:

A ideia é boicotar na próxima quarta-feira e o movimento tem crescido muito. A tendência é de fazer um protesto também

O Bahia Notícias procurou a assessoria da Arena Fonte Nova, que enviou uma nota ao site, explicando que “a Estapar, empresa responsável pelo estacionamento, foi um dos patrocinadores da Festa da Advocacia, realizada neste sábado (18). Por isso, a empresa cobrou um preço diferenciado no evento, já que subsidiou parte do custo da operação”.

O Bahia endossou o protesto, e nas redes sociais, sugeriu ao torcedor formas de chegar à Arena pagando menos.

Em entrevista ao site Uol Esporte, o presidente Guilherme Bellintani declarou que o consórcio que gere a Arena Fonte Nova tentou negociar com a Estapar uma redução de preços, mas não foi bem sucedido:

O consórcio até tentou. Mas eles têm um contrato com a empresa que dá autonomia de preços. E a empresa não aceitou reduzir

Nas redes sociais, o Bahia vem sugerindo aos torcedores que utilizem o serviço do Uber, já que empresa tem uma parceria com o clube. Bellintani explicou:

Temos uma parceria e ganhamos por cada corrida do torcedor ao estádio em dia de jogo

Comentários
Carregando...