Torcida não comparece nas bilheterias

Bahia joga completo contra Corinthians

As vésperas da ‘reestreia’ da equipe no Campeonato Brasileiro da Série A, no domingo, às 16h, contra Corinthians na Arena Fonte Nova, o técnico Cristovão Borges, do Bahia comandou um treinamento no Fazendão com o elenco completo. O zagueiro Lucas Fonseca e o meia Marquinhos que eram dúvidas para partida, se recuperaram e estão confirmados. Lucas tinha sido poupado do trabalho da última quarta, por sentir cansaço muscular.Já Marquinhos, que estava com dor no músculo posterior da coxa direita, mas realizou exame de imagem e não acusou lesão.

Na atividade, Cristovão comandou um trabalho tático no Fazendão, montou a equipe com uma estratégia mais precavida e aproveitou para corrigir o posicionamento do meio de campo e da defesa. Para deixar a equipe em ponto de bala para a retomada do Brasileirão, o treinador montou o time reserva com as mesmas características do Corinthians – que venceu na quarta o São Paulo, no primeiro joga da decisão da Recopa Sul-Americana _, Freddy Adu e Ítalo Melo foram escalados como homens de velocidade pelas laterais e a todo momento eram acionados para realizar jogadas em velocidade.

Time fez novo treino antes do domingo

O Bahia deve ir a campo no domingo com Marcelo Lomba; Madson, Titi, Lucas Fonseca e Raul; Fahel, Rafael Miranda, Fabrício Lusa e Anderson Talisca; Marquinhos e Fernandão. Recuperado de dores no joelho, o volante Hélder voltou aos treinos com bola, mas ficou entre os reservas.

Torcida não comparece nas bilheterias da Arena

Tecnicamente o Bahia faz contra o Corinthians, domingo, sua estreia na Arena Fonte Nova em jogos pela Série A do Campeonato Brasileiro. Nas cinco partidas disputadas até agora, o Tricolor baiano perdeu para o Criciúma em Santa Catarina, empatou com o Coritiba no Parque de Pituaçu, em Salvador, venceu o Internacional de Porto Alegre em Caxias do Sul, e o Botafogo do Rio em Aracaju, e empatou com o Vasco da Gama, em Volta Redonda.

O time do Bahia reencontra sua torcida domingo defendendo contra o Corinthians a histórica posição de 8º colocado na tabela de classificação, com oito pontos ganhos, em cinco jogos disputados, surpreendendo a tudo e a todos. Mas a expectativa é de que o time do técnico Cristóvão Borges ainda não tenha o apoio do seu 12º jogador, a “Nação Tricolor” nas arquibancadas da Arena.

Desde nessa quinta-feira (5/7) que os torcedores do Bahia já podem comprar seus ingressos para os três jogos do mês de Julho. O pacote tricolor, disponível até sábado, dia 6, oferece descontos para quem vai apoiar o time nas partidas Bahia X Corinthians (07/07), Bahia X Goiás (28/07) e Bahia X Flamengo (31/07). O valor do pacote é de R$ 150 (inteira) / R$75 (meia entrada) para os setores Norte e Leste, e R$270 (inteira) / R$135 (meia entrada) para o setor Oeste inferior.

Mas o torcedor Tricolor não marcou presença nas bilheterias da Arena, o maior movimento ficou por conta da venda de ingressos para a torcida do Corinthians, deixando a expectativa da manutenção da campanha do “público zero”, ainda como protesto contra a administração do clube neste início de ano.

Time do Bahia voltou hoje à Fonte Nova

O tempo passou, são quase 60 dias, dois meses praticamente se passaram, desde a última vez que o Bahia jogou na Arena Fonte Nova, dia 12 de maio de 2013, com a trágica e histórica derrota de 7 a 3 para o Vitória, pelas finais do Campeonato Baiano. O Tricolor ainda não jogou na Arena pela Série A do Campeonato Brasileiro, e domingo fará sua primeira partida no estádio construído para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, contra o Corinthians, em jogo válido pela 6ª Rodada da 1ª Divisão.

Muito dos atuais jogadores sob o comando do técnico Cristóvão Borges ainda não conhecem a Arena Fonte Nova e, principalmente a característica do seu gramado, baixo, que dá condição da bola rolar com velocidade. Por isso, a Comissão Técnica e os atletas do Bahia solicitaram à diretoria que conseguisse a liberação do campo para o último treino antes do jogo contra o Corinthians, literalmente um trabalho de reconhecimento do campo.

O Gestor de Futebol Anderson Barros atendeu a solicitação do grupo, fez o pedido à direção da Arena Fonte Nova para a realização de um treinamento nesta sexta-feira, e foi gentilmente atendido pelo consórcio que administra o estádio.

A intenção da comissão técnica tricolor foi a de adaptar os atletas ao gramado da Arena Fonte Nova, que tem altura e características diferentes do que o elenco tricolor treina no Fazendão. A atividade ocorreu às 15h30 e não foi um coletivo, apenas um trabalho técnico leve, de descontração da equipe Tricolor.

A questão, sabe-se lá porque, o treino do Bahia nesta sexta-feira na Arena Fonte Nova foi literalmente de portões fechados. Para a torcida, e até a imprensa esportiva de Salvador que faz a cobertura das atividades do clube. A assessoria de imprensa divulgou um comunicado procurando explicar a decisão. Confira:

“Como todos sabem, a Arena Fonte Nova estava entregue a FIFA para realização de jogos e treinos durante o período da Copa das Confederações. Com o fim da competição, o estádio está sendo devolvido a seu respectivo administrador, para que possa realizar as alterações físicas e mudanças na operação dos mesmos.

O Bahia solicitou a liberação do gramado da Arena Fonte Nova ao consórcio que administra o estádio, para a realização de um treinamento  e foi gentilmente atendido.

O acesso da imprensa não será autorizado. Pedimos a compreensão de todos os profissionais de imprensa e colocamos a assessoria de comunicação do Bahia à disposição para o fornecimento de fotos e vídeo do treino e de entrevistas."

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Tribuna da Bahia

Foto: Divulgação