Um dia perfeito…

De virada, Bahia vence São Paulo no Morumbi e sobe para a terceira posição na Série A

De virada, Bahia vence São Paulo no Morumbi e sobe para a terceira posição na Série A

Mesmo atuando fora de casa e vivendo uma crise fora das quatro linhas, o Bahia não se intimidou com o São Paulo e venceu o tricolor paulista nesta noite de quarta-feira, por 2 x 1, de virada, no Morumbi, em confronto antecipado pela 11º rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o time comandando por Cristóvão Borges subiu para a terceira posição, chegando aos onze pontos. No próximo sábado, os baianos encaram a Ponte Preta, em Campinas.

Tricolor paulista marca e segura resultado

Mesmo vivendo uma crise fora das quatro linhas, o Bahia não se intimidou com o São Paulo, que também não vive seu melhor momento na temporada, e logo no início de partida assustou os mandantes. Aos quatro minutos, Anderson Talisca roubou a bola na intermediária e soltou a bomba, tirando tinta da trave de Rogério Ceni.

 O tricolor baiano manteve a pressão e partiu com tudo para tentar abrir o placar e dificultar a vida do adversário. Aos 13, após boa jogada de Raul pela direita, a bola sobrou nos pés de Talisca, que chutou de fora da área, colocado, exigindo de Rogério Ceni a primeira defesa no confronto.

Mas, apesar deste bom começo, o time comandado por Cristóvão Borges voltou a vacilar em seu sistema defensivo e os paulistas aproveitaram. Depois de receber lançamento de Jadson na área, aos 14, Luís Fabiano tocou para Aloísio, que chutou fraco, no canto de Marcelo Lomba, estufando as redes baianas.

A partir daí os donos da casa cresceram e ficaram perto do segundo gol aos 19. Maicon fez boa jogada pela direita, entrou na área com tranquilidade e tocou para o artilheiro Luís Fabiano. O centroavante soltou a bomba, assustando Lomba.

Buscando contra-ataques para surpreender o São Paulo, o Bahia chegou com perigo aos 34. Após uma confusão na intermediária, a bola bateu em Rodrigo Caio e sobrou para Marquinhos Gabriel, que, de frente para Rogério Ceni, chutou colocado, para a ótima defesa do goleiro paulista. 

Bahia vira com Talisca e Fahel

Diferente do primeiro tempo, a segunda etapa se iniciou sem grandes emoções e com muitas faltas, principalmente no meio de campo. O tricolor baiano, precisando do empate, tentou furar o bloqueio paulista desde o início dos últimos quarenta e cinco minutos e conseguiu após muita insistência.

Aos 18, Marquinhos Gabriel recebeu passe de Raul na esquerda e cruzou na medida para Anderson Talisca. O jovem meia do tricolor baiano só fez encostar o pé na bola e saiu para comemorar com a torcida visitante que marcou presença no Morumbi.

Cheio de moral, o garoto arriscou um chute no minuto seguinte ao gol e deu trabalho a Rogério Ceni, que colocou a bola para a lateral.

E se a situação já estava complicada para os paulistas, piorou aos 20. Luís Fabiano resolveu colocar a mão na bola em uma jogada perdida no ataque e recebeu o cartão vermelho – ele já havia recebido o amarelo no primeiro tempo.

Melhor em campo e mais dinâmico, o tricolor baiano voltou a assustar Rogéria Ceni aos 35. Fernandão recebeu lançamento na esquerda, entrou na área e bateu cruzado, para a boa defesa do goleiro paulista.

Sem muitas opções ofensivas e errando muitos passes, os donos da casa assustaram em um lance de bola parada aos 40. Jadson cobrou escanteio na cabeça de Lúcio, que testou no canto de Lomba, obrigando o arqueiro baiano a salvar os visitantes.

Mas, com dois jogadores a mais – Clemente Rodríguez foi expulso também –, o Bahia conseguiu a virada. Depois de cobrança de falta da direita, a bola sobrou nos pés de Fahel, que tocou no fundo das redes de Rogério Ceni.



FICHA TÉCNICA

Série A

São Paulo 1 x 2 Bahia

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 10/07/2013

Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)

Auxiliares: Marconi Helbert Vieira (MG) e Fábio Pereira (TO)

Cartões vermelhos: Luís Fabiano e Clemente Rodríguez (São Paulo)

Cartões amarelos: Aloísio, Clemente Rodríguez, Luís Fabiano e Roni (São Paulo) / Diones, Titi e Omar (Bahia)

Gols: Aloísio (São Paulo) / Anderson Talisca e Fahel (Bahia)

Público Pagante: 4.579

Renda: R$ 116.450,00

São Paulo: Rogério Ceni, Lucas Farias (Silvinho), Lúcio, Rhodolfo e Clemente Rodríguez; Rodrigo Caio, Maicon e Jadson; Osvaldo (Roni), Luís Fabiano e Aloísio (Ademílson).

Técnico: Milton Cruz.

Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Titi (Feijão), Lucas Fonseca e Raul; Fahel, Diones, Rafael Miranda (Ítalo Melo) e Anderson Talisca (Fabrício Lusa); Marquinhos e Fernandão.

Técnico: Cristóvão Borges.


Tabela interativa da Série A com atualização online

http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Maurício Naiberg – Bahia Notícias

Foto: Daniel Teixeira /Estadão