Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

‘Vamos conversar’: diz Treinador após atrito entre Charles e Rhayner

5

"Vamos conversar", avisa Kleina após discussão entre Rhayner e Charles

Atacante tricolor sai de campo esbravejando ao ser substituído no segundo tempo

Gilson Kleina vai procurar saber o que aconteceu entre Rhayner e Charles

Chamou a atenção a atitude de Rhayner assim que foi substituído pelo técnico Gilson Kleina na noite desta quinta-feira, na partida contra o Cruzeiro. O atacante saiu de campo reclamando bastante e acabou discutindo de forma ríspida com o auxiliar Charles Fabian. Ao final do confronto, o Bahia foi derrotado por 2 a 1, de virada, resultado que o deixa afundado na lanterna do Campeonato Brasileiro.

Gilson Kleina viu a discussão, mas, no momento, não entendeu o que aconteceu. A atitude de Rhayner, no entanto, não deve passar em branco, até porque Charles Fabian já pediu para conversar com o treinador tricolor.

– Não foi comigo. Na discussão foi entre ele e o Charles. Não sei o que aconteceu, mas o Charles pediu para conversar comigo. Rhayner, quando começou o jogo, falou que estava sentindo a posterior da coxa. Falei para ele: “Então, qualquer coisa você avisa”. Não sei o que aconteceu, mas houve uma discussão. Vamos conversar para tomar as atitudes que devem ser tomadas. Disciplina é tudo – afirmou Gilson Kleina.

Em meio a derrotas, discussões e clima pesado, o Bahia segue na zona do rebaixamento. Neste domingo, o time vai até Feira de Santana, onde enfrenta o Figueirense, pela 22ª rodada da Série A – o Bahia cumpre punição imposta pelo STJD por conta da superlotação no próprio Joia da Princesa, em partida contra o Santos, ainda no primeiro turno. 

Além da dificuldade imposta pelo próprio adversário, em ascensão no campeonato, o Tricolor terá que superar o gramado ruim do Joia se quiser começar a reagir na competição.

– Nós temos que superar esse problema. Se o campo é ruim, temos que encarar como se fosse esse tapete do Mineirão, porque precisamos da vitória. Não tem outra situação. Mas o que não pode é bater o nervosismo, a ansiedade. Uma vitória não nos tira dessa situação, mas nos tira dessa “muvuca”. Estou pedindo o apoio dos torcedores. Alguns estão exaltados, mas vamos apoiar. Nós temos que levantar esse moral, e só vamos levantar vencendo. Vou fazer um apelo para a diretoria para tentar baixar o preço dos ingressos, porque precisamos lotar Feira de Santana e lotar também a Fonte Nova – finaliza Kleina.

Comentários
Carregando...