Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Vinícius diz estar com a consciência tranquila e nega que dancinha seja provocativa

Meia comemorou gol contra o Náutico com a mesma dança que gerou confusão no Ba-Vi do último domingo (18)

Vinícius comemora gol do Bahia em cima do Náutico (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
79

Nesta quinta-feira (22), o Bahia venceu o Náutico por 2 a 1, pela Copa do Nordeste, na Arena Fonte Nova. Em grande fase, o meia Vinícius foi um dos nomes da partida, com um gol e uma assistência. Além disso, o jogador comemorou seu gol com a sua dancinha que criou uma grande confusão no Ba-Vi do último domingo (18).

Em entrevista ao Esporte Interativo após a partida, o jogador falou que está com a consciência tranquila e que a comemoração, sua marca registrada, não é provocativa:

Não vejo como provocativa. Desde o começo do ano o pessoal do marketing do clube fez as comemorações e a minha é essa. A partir do momento que eu faço um gol na casa do adversário e no gol onde a torcida deles está perto, fica como provocação. Mas estou com a consciência tranquila. O pensamento agora é no Baiano de novo

Agredido no Ba-Vi, Vinícius declarou não ter sido procurado por nenhum jogador do Vitória após a partida. Porém, ele falou que está aberto para conversar com os rivais:

Sou contra a violência. No momento não achei que tomaria essa proporção, mas nenhum jogador me procurou. Na hora do jogo o goleiro [Fernando Miguel] me chamou no canto e me pediu desculpa, dizendo que não sabia que tomaria essa proporção. Foi ele que veio atrás de mim primeiro. Eu conversei só com o André Lima, que é um amigo particular. Aprendi a não guardar mágoa. Todos sabem como é o futebol e a qualquer momento podemos jogar juntos. Eles quiseram defender a torcida deles. Não quero julgar ninguém, mas não concordo como conduziram. Se me pedirem desculpas, obviamente que irei desculpar

Vinícius marcou, nesta quinta-feira, seu quarto gol na temporada, ultrapassando Hernane (que já deixou o clube) e se tornando o artilheiro isolado do Bahia na temporada:

Fico feliz pelo momento. Sei que ano passado fui um dos jogadores muito cobrado. Fiquei seis meses sem jogar. A partir do momento que você veste a camisa do Bahia, a pressão vem, Mas dessa vez tive pré-temporada e graças a Deus posso evoluir com todo o time

Por conta da comemoração no Ba-Vi, Vinícius foi expulso e agora foi enquadrado no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), podendo pegar uma suspensão de até seis jogos no estadual.

Comentários
Carregando...