Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Volta à Presidência: Maracajá silencia

0

Maracajá silencia sobre possibilidade de voltar à Presidência do Bahia

O ‘eterno’ presidente do Bahia, Paulo Maracajá, não descarta a possibilidade de voltar a ser presidente do Esquadrão de Aço, clube que levou ao topo do futebol brasileiro em 1988. Em entrevista ao apresentador José Eduardo, o ex-dirigente preferiu não comentar sobre uma possível volta ao comando do clube, afirmando que não é o momento de se pensar em sucessão presidencial.

“Não vou me precipitar. Meu silêncio é o meu jeito de colaborar com os atuais dirigentes. Tenho recusado até de dar entrevistas até para não tumultuar o ambiente. Me mantenho no silêncio, aguardando o momento certo de falar sobre a situação do Bahia. Mantenho amizades de muito tempo. Acho que tratar de sucessão, na minha visão, é um erro nesse momento.”, despistou.

Mesmo não querendo comentar sobre qualquer ligação com o Bahia nesse momento, Maracajá analisou as fraquezas da equipe comandada por Gílson Kleina, e chegou até a mesma conclusão do treinador. Falta poder no ataque.

“No Bahia falta poder de ofensividade. Falta um Fernandão, como trouxeram ano passado. Eu acho que falta finalização. Assisti o jogo contra o Grêmio inteiro, e vi que Kieza e Maxi Biancucchi quase não chutaram ao gol. O Bahia é o ataque com menos gols no Campeonato Brasileiro”, destacou.

O ex-dirigente, no entanto, se disse esperançoso com a permanência na elite do futebol brasileiro, mesmo com o time não conseguindo reagir nas últimas rodadas. Para ele, ainda há tempo de salvar o clube de um retorno para a segunda divisão.

“Tem tempo ainda. Nós temos 20 jogos, 60 pontos em disputa. O Bahia está com 16, e se fizer mais 30 pontos o Bahia escapa”, analisou.

Comentários