Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

‘Voo cego’: CBF não responderá mais consultas sobre condição de atletas

3

CBF avisa a clubes que não responderá mais consultas sobre condição de atletas

A CBF não responderá mais por escrito consultas de clubes sobre condição de atletas

A CBF não responderá mais por escrito consultas de clubes sobre condição de atletas

O episódio Héverton, que provocou o rebaixamento da Portuguesa para a Série B no ano passado, motivou a CBF a adotar uma nova medida: a partir de agora, a entidade não responderá mais por escrito nenhuma consulta feita por clubes em relação à condição de seus atletas. Ela pretende evitar assim que, em caso de denúncia do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e eventual punição, a sua posição seja utilizada como instrumento de defesa pelos dirigentes.

A novidade foi repassada ao supervisor do Cruzeiro, Benecy Queiroz, após pergunta sobre a situação do lateral-esquerdo Breno Lopes, contratado ao Paraná, e deixado de fora por precaução dos compromissos contra Coritiba e Sport.

Conforme revelado pela reportagem da ESPN, equipe celeste não está 100% segura de que o reforço pode ser escalado por ele já ter completado seis jogos pelo seu clube anterior na Série B.

Existe entre os cartolas uma dúvida em torno do que definem o Regulamento Específico da Competição (REC) e o Regulamento Geral de Competições (RGC). Os documentos não deixam claro se Breno teria condições de ser usado pelo Cruzeiro ainda nesta temporada. Segundo dados do Footstats, ele realizou 20 partidas pelo Paraná na segunda divisão.

O seu nome foi retirado às pressas da lista de relacionados antes da vitória de 2 a 1 sobre o Coritiba, fora de casa, na semana passada.

"Caso haja divergência entre a opinião da CBF e a da Justiça Desportiva, as decisões desta última é que valerão. É claro, se um clube agir de acordo com a análise da CBF e, posteriormente, vier a ser punido, não se furtará a sustentar, em sua defesa, que a CBF o induziu ao erro, o que prova ser absolutamente inconveniente dar resposta a consulta de clubes", explica o diretor jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes, ao ESPN.com.br.

Manoel Flores, gerente de competições da CBF, assegurou verbalmente ao supervisor cruzeirense Benecy Queiroz que Breno Lopes tem condição regular. O presidente do time, Gilvan de Pinho Tavares, no entanto, desejava contar com a informação por escrito e a entidade se negou.

A equipe resolveu entrar em contato agora com o STJD para tentar a garantia.

O diretor de futebol Alexandre Mattos não compreende a postura da CBF.

"É ela quem faz o regulamento. É isso que não dá para entender", afirma Mattos.

Com direitos federativos presos ao Cruzeiro e opção de compra no futuro, o lateral-esquerdo Breno Lopes desembarcou na Toca da Raposa após ser adquirido pelo empresário Rafael Brandino ao Paraná e assinou contrato de cinco anos.

Comentários
Carregando...