Wallyson pode fechar nesta sexta

Considerado prioridade, Wallyson pode fechar com o Bahia até sexta

Diretor de futebol, Anderson Barros, revela ao GLOBOESPORTE.COM prazo esperado para definir negociação do clube com o atacante


Atacante pode fechar com o Bahia para o Brasileirão

Quando chegou ao Bahia, Anderson Barros afirmou que precisaria estudar as peças disponíveis para, então, iniciar o processo de reformulação do elenco. Aos poucos, o diretor vai costurando as contratações que podem dar ao Tricolor uma boa sequência no Campeonato Brasileiro para, quem sabe, manter a equipe na parte de cima da tabela no segundo semestre. É com este objetivo que Barros tem negociado a chegada do atacante Wallyson.

Desde o início do mês de junho, o nome do jogador tem povoado os noticiários do Bahia e as conversas de bastidores sobre o Tricolor. Após muitos boatos sobre possíveis datas de chegada e apresentação do atacante, o diretor de futebol bate o martelo: o desfecho da novela pode acontecer até esta sexta-feira.

– Temos uma prioridade e esperamos definir tudo até amanhã [sexta-feira]. Essa prioridade é o Wallyson – disse Anderson Barros, com exclusividade, ao GLOBOESPORTE.COM.

Caso o desfecho seja positivo, o Bahia poderá, enfim, correr atrás de reforços para outros setores. Um deles é a lateral. Para a posição, Barros nega que esteja em negociação com Daniel Borges, revelação do Botafogo-SP. O jogado havia anunciado, na última quinta, que estava a poucos detalhes de fechar com o clube baiano. O meia Renato Abreu, também ventilado nos corredores do Tricolor, é outro que está fora dos planos de Anderson Barros.

– Falei com o Cláudio Guadagno, que é o representante do atleta e muito amigo meu, mas não houve conversa sobre a contratação do jogador. É uma honra que um jogador do nível do Renato Abreu seja especulado no Bahia, mas não há nenhuma negociação para isso – declarou o diretor.

Do São Paulo para o Bahia

Wallyson foi afastado pela diretoria do São Paulo no início de maio. O jogador foi contratado no começo da temporada para tentar suprir a saída de Lucas. Com atuações ruins, além de ser considerado com pouco empenho nos treinamentos, ele não agradou no Tricolor paulista. Fez 11 jogos e nenhum gol. O contrato com o São Paulo iria até o final de 2013.

Wallyson foi revelado nas categorias de base do ABC. Em 2007, o jogador foi o grande nome da final do Campeonato Potiguar, ao marcar quatro dos cinco gols do Alvinegro no segundo jogo da final, disputado no Frasqueirão. No ano seguinte, o atleta foi vendido para o Atlético-PR. Wallyson ainda atuou pelo Cruzeiro antes de se transferir para o São Paulo.

Fonte: Tamires Fukutani e Thiago Pereira – GLOBOESPORTE.COM

Fotos: Esportes IG