Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Zé Rafael vê Paraná como equipe perigosa na Copa do Brasil e pede cuidado

Zé Rafael pede cuidado com o Paraná (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação)

O Bahia tem uma decisão neste sábado. Quando entrar em campo, às 16h30, para encarar o Paraná, a equipe precisará do triunfo para avançar à próxima fase da Copa do Brasil – em caso de empate, a vaga será decidida nas penalidades. A partida será disputada na casa do adversário, o estádio Durival de Britto.

Um jogador que estará em campo conhece bem o adversário. Um dos destaques do time nesse começo de temporada, o meia Zé Rafael nasceu no município de Ponta Grossa, no Paraná, e foi formado nas divisões de base do Coritiba.

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta, o jogador pediu atenção diante de uma equipe “perigosa”.

– Por mais que seja um time que não está em ascensão, em evidência, lá no Paraná, é um time que tem estrutura, sempre dá trabalho para os seus adversários, principalmente quando joga dentro de casa. É uma equipe perigosa e que, com certeza, a gente tem que ter muita atenção, muita cautela, para ir lá e fazer um bom jogo – analisou.

O alerta de Zé Rafael é válido. No campeonato estadual, o Paraná é líder absoluto, com quatro vitórias em cinco jogos. Na Primeira Liga, o time é vice-líder, com um triunfo e uma derrota.

Outro fator de dificuldade é jogar na casa do Paraná, como explica Zé.

– Acredito que eles devem ter um bom público, sim, até porque os jogos são decisivos. E eles, por jogarem em casa, é provável que a torcida deles compareça para apoiar o time deles. Mas a nossa equipe, independentemente de o estádio estar cheio ou vazio, vai encarar como uma final de campeonato, sabendo que tem que ir lá para trazer o triunfo para Salvador – afirmou.

Zé Rafael também lembrou que o regulamento da Copa do Brasil não permite uma segunda chance, por isso é preciso encara o confronto como uma final.

– Eles têm passado, e a gente sabe que esses jogos são finais de campeonato. Como é um jogo só, o regulamento mudou e não tem outra oportunidade. Acho que a gente tem que encarar mesmo como uma final. A cada fase disputada, tem que ser assim. E a nossa equipe vai, mais uma vez, jogar fora de casa, buscando essa regularidade, buscando fazer um bom jogo para sair de lá classificado – explicou.

Confira outros trechos da coletiva de Zé Rafael.

Perto de Casa

– Lá eu vou estar um pouquinho mais perto de casa. Vai dar uma facilitada. Lá o clima é mais ameno, não é tão quente como aqui. Acho que essa questão do clima não vai nos atrapalhar lá.

Correria

– A equipe do Paraná utiliza muitos jogadores novos, da categoria de base. Por isso, acredito que vai ser um jogo muito corrido, muito disputado. Sempre quem está subindo, começando, assim como nós, busca mostrar o melhor a cada jogo. Então acredito que os meninos de lá devem fazer isso. Juntando com os mais experientes, que vão dar essa mesclada de um time bom para a equipe deles.

Fonte: Ge.com

Comentários
Carregando...