2 ou 3, ‘para mim tanto faz’

Fahel diz não ter preferência por jogar com dois ou três volantes

Fahel diz não ter preferência por jogar com dois ou três volantes

Com exceção do ataque, no qual é formado por apenas um jogador, no caso Fernandão, o treinador Cristóvão Borges fez mudanças em todos setores da equipe em relação ao time base utilizado nas primeiras cinco rodadas do Brasileirão.

Entre os remanescentes da equipe, mais uma vez, está o volante Fahel, um dos atletas mais experientes do grupo. Apesar da dificuldade que terá pela frente, contra o Corinthians, o capitão tricolor confia em mais um triunfo na Série A.

– Vamos pegar um time que há muito tempo joga junto. A qualidade da equipe deles é de quem vai brigar pelo título. Se fizermos nosso papel vencendo, vai dar mais confiança no decorrer do campeonato. Sabemos da dificuldade, mas o Bahia mostrou nos últimos cinco jogos que vem trabalhando forte para vencer os adversários e ficar na parte de cima da tabela – disse.

Fahel está confiante no time e satisfeito com o longo período de treinamentos. Mas, quando o assunto é o esquema tático a ser utilizado diante do time paulista, o capitão muda. Fica em cima do muro e deixa a decisão para o técnico Cristóvão Borges.

– O Cristóvão sempre está procurando variar bastante o esquema tático. Treinou primeiro com três volantes. Depois teve a oportunidade de mudar. Acho que tudo é válido. Vamos enfrentar uma equipe muito forte e tenho certeza que ele vai escolher a melhor formação. O importante é os jogadores entenderem o que ele está pedindo. E isso está acontecendo – se esquivou.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: Felipe Santana – Bahia Notícias

Fotos: Divulgação