Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

A Oportunidade

0

Uma grande oportunidade

A proibição de que empresas sejam donas de direitos de jogadores, anunciada sexta-feira pela Fifa, pode ser o estopim de uma revolução no nosso futebol. Hoje, todos os clubes da Série A têm jogadores que não lhes pertencem nos seus plantéis. E há verdadeiros clubes de aluguel, que não estão preocupados em ganhar títulos e conquistar torcida.

Esta realidade foi se impondo à medida em que contratar e manter os melhores jogadores se tornou cada vez mais caro e os clubes foram ficando relativamente incapazes de investir e reter os jogadores de sua base. Com frequência, para contratar um novo jogador ou num apelo de socorro financeiro de última hora, os clubes recorrem a empresários que lhes emprestam dinheiro ou trocam o novo jogador por fatias das revelações do clube. Nas renovações de contratos, também há a troca de percentuais dos direitos do jogador, seja para um empresário ou mesmo para o atleta, diretamente, para o pai ou para o procurador.

Direitos de Ricardo Goulart estão divididos assim: investidor Higor Luiz Fernandes Sousa tem 45%, grupo Sport Base tem 5% e Cruzeiro, os outros 50%

Assim, os clubes foram ficando alijados de grande parte da valorização que os melhores jogadores têm quando são bem sucedidos. A questão também envolve interesses excusos dentro dos clubes, como todos sabem. O Brasil é um dos maiores exportadores de jogadores do mundo, mas somente uma pequena parte das transações vai para os cofres dos clubes, pelas razões acima expostas.

Para alterar este cenário, eles precisam de investidores de verdade, em ações do clube e não em fatias dos jogadores. Estes investidores/acionistas terão os mesmos interesses do torcedor, que são fortalecer o time, ganhar títulos e atrair mais torcida, as medidas da potência de um clube. Mudar é preciso!

MESMO COM BURLAS, SERÁ MELHOR

A nova regra da Fifa terá uma regulamentação com prazo de transição, modos de fiscalização e punições. Pode-se alegar que um investidor empresta recursos para um clube, para se contratar um determinado jogador e receber em troca parte dos lucros numa revenda futura do atleta. Ainda que ocorram operações disfarçadas, já será melhor do que é atualmente, pois quem terá a propriedade formal será o clube e assim aumenta o seu cacife no jogo!

QUEM PARTIR NA FRENTE, GANHA

Serão vitoriosos os clubes que tiverem a capacidade de investir fortemente na base,vendendo os excedentes em cada posição e ainda reter os melhores para si. É uma nova filosofia, sem dúvida desejada por todos. A vantagem será enorme para o clube que fizer esta roda da fortuna começar a girar na frente dos concorrentes. Será que nossos dirigentes vão enxergar a oportunidade ou vão atolar no problema que a mudança traz? Vamos torcer para esperança vencer o medo!

DUPLA DE OURO ENGRENA

Messi e Neymar estão jogando o fino na bola. Na segunda temporada, passados os ecos da nebulosa contratação do craque brazuca, que causou até a renúncia do presidente do clube catalão, Sandro Rosell, as estrelas das seleções do Brasil e Argentina mostram entrosamento e solidariedade que me fazem sonhar. A dupla se movimenta por todo o ataque e dificulta qualquer marcação, já produzindo lances de sonho e de fantasia como nenhum outro time pode oferecer no momento. Olho neste Barça!

Dupla Messi-Neymar tem sete gols em seis jogos disputados no Espanhol

DE OLHO NO MURICY

O grande treinador, que havia se afastado do futebol por uns meses devido a problemas de saúde no ano passado, foi internado na UTI por problemas cardíacos na quinta-feira. Teve melhora neste sábado, e já está no quarto do hospital, para alegria de seus muitos admiradores. Se cuida, professor!

MAIS UMA DA CBF

Não bastasse o claro desprezo da cúpula da CBF pelo desenvolvimento do nosso futebol, de vez em quando os cartolas se esmeram e criam uma nova trapalhada. Agora, interpretam errado uma orientação da Fifa e tumultuam o que já era muito deficiente: o nível da arbitragem. Da Copa para cá, em vez de a CBF dar algum sinal de evolução, só vimos piora!

Comentários