Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

A semana do Bahia na justiça

0

Radialista e Ruy Accioly: Bahia tem semana de resultados jurídicos opostos

Radialista e Ruy Accioly: Bahia tem semana de resultados jurídicos opostos

A semana do Bahia não foi apenas movimentada quando se trata dos assuntos futebolísticos. Fora das quatro linhas, no âmbito jurídico, a vida do tricolor baiano esteve recheada de assuntos.

Primeiro, acionado juridicamente por Ruy Accioly, o Bahia foi derrotado na primeira instância do processo. O juiz, responsável por julgar o caso, considerou procedente os pedidos feitos pelo ex-diretor e conselheiro do tricolor.

Ruy Accioly, no conteúdo da ação, exige o pagamento da rescisão de contrato, após sua demissão, e a multa referente a 40% Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Apesar do resultado, o Bahia promete recorrer à decisão. Por outro lado, quando se trata da divulgação dos integrantes da lista de custos a terceiros, que envolveu profissionais da imprensa, o Bahia levou a melhor na primeira instância, com base na decisão da juíza Maria Mercês Mattos Miranda.

A magistrada determinou a extinção do processo promovido pelo narrador da Rádio Metrópole, Salomão Batista, que acionou juridicamente o Esporte Clube Bahia, o presidente Fernando Schmidt e o assessor Sidônio Palmeira.

O profissional, através dos seus advogados, garante que vai recorrer à decisão da juíza.

Caso Petros

No início da semana, o departamento jurídico do clube foi procurado por representantes da Chapecoense. O clube catarinense quer encontrar 'aliados' para fazer parte da lista de interessados no processo contra o Corinthians, que teria escalado o volante de maneira incorreta. O Bahia, porém, diz que não aceitou à proposta e estaria estudando a situação.

Sacha Mamede

No fim do mês de setembro, acionado por outro ex-funcionário, o departamento jurídico do Bahia obteve êxito. O juiz considerou improcedente a ação do ex-diretor de marketing Sacha Mamede, que apontou o não recolhimento do Fundo de Garantir por Tempo de Serviço (FGTS), não pagamento de férias, 13º salário de 2012 , além de exigir uma indenização por danos morais.

Comentários