Allione pede cuidado com o Santos e comenta negociação de Jean: “Com a cabeça no Bahia”

Allione concede entrevista coletiva (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)

Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (14), o meia Allione falou sobre o próximo desafio do Bahia. O Tricolor irá enfrentar o Santos na próxima quinta-feira (16). O alvinegro foi derrotado pela Chapecoense nesta segunda-feira (13) e praticamente está fora da briga pelo título. Porém, o meia do Bahia não acredita em jogo fácil:

A gente sabe da qualidade do time deles. Não é à toa que estão na parte de cima da tabela. Nós estamos nos preparando como sempre para receber um time difícil, que joga muito com a bola no pé. A gente vai tentar tirar a bola deles e comandar o jogo

Allione falou que prefere jogar contra um time que fica com a posse de bola do que uma equipe retrancada:

Para a gente que joga com a bola no pé é melhor um time que sai mais que uma equipe que está retrancada. Mas estamos nos preparando para qualquer que seja o jeito deles

Allione reconheceu que os jogadores fazem projeções para as últimas rodas e sonham com a Libertadores, mas ele disse que a equipe mantem os pés no chão:

Claro que a gente faz projeções, mas isso não quer dizer que a gente se empolgue com os jogos. Se ganhar, vai ter mais chances, mas se a gente não ganhar continua na briga pela Sul-Americana

O jogador argentino também comentou sobre a negociação entre o goleiro Jean e o São Paulo. Perguntado se conversou com o goleiro, Allione disse que não falou com Jean, mas disse que ele está tranquilo e mantém a cabeça no Bahia:

Não, o Jean o ano todo é do mesmo jeito. Particularmente, não falei com ele dessa proposta que estão falando. Ele está tranquilo, com a cabeça no Bahia, muito focado. Depois, no final do ano, ele verá se sai ou não

O jogador falou sobre a sua situação no Bahia. Ele veio emprestado pelo Palmeiras até o fim da temporada, mas vem afirmando que quer continuar no Tricolor:

A vontade de ficar eu sempre tenho. Todo mundo sabe que depende do interesse dos dois times, tanto do Palmeiras como do Bahia. Como falo sempre, no final do ano vou sentar com meu empresário, vou ver como a situação está. Mas agora estou focado nas últimas rodadas

O jogador admitiu que a sua permanência pode ser facilitada caso o Bahia conquiste uma vaga na próxima Libertadores:

É claro que pode pesar na permanência. Tanto Bahia como Palmeiras vão decidir.

O Bahia enfrenta o Santos nesta quinta-feira (16), às 20h, na Arena Fonte Nova.

Leia também:
Em treino fechado, Bahia segue a preparação para enfrentar a Chapecoense
Juninho Capixaba quer triunfo contra a Chape: ‘Temos que ter um belo resultado’
FBF divulga tabela do Campeonato Baiano; confira o calendário do Bahia
Confronto entre Bahia e Chapecoense terá equipe de arbitragem de Pernambuco