Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Anderson Talisca reage a insultos racistas dos Benfiquistas

Anderson Talisca do Besiktas

Perfil da esposa de Anderson Talisca é invadido por ataques racistas, e dirigentes lusos expõem contrato de empréstimo ao Besiktas para justificarem falta de pagamento

O gol do brasileiro Anderson Talisca que impediu a vitória do Benfica sobre o Besiktas na terça-feira passada, pela Liga dos Campeões, parece ter sido o de menos para os portugueses(assista no vídeo acima, no minuto 3:20). A comemoração efusiva do baiano pelo lance decisivo nos acréscimos do segundo tempo, aos 48 minutos, e as declarações de que o clube não pagou seu salário de julho, quando sua filha nascida no dia 9 de agosto tinha apenas seis dias de vida, despertaram a ira em terras lusitanas, de dirigentes a torcedores. Nas redes sociais, o perfil de sua esposa Anna Paula Ramos foi invadido por insultos racistas. Aos jornais, benfiquistas acusaram o jogador de ter mentido. Pelo Twitter, o meia-atacante reagiu.

Esposa de Talisca reproduz e denuncia insultos no Instagram
Esposa de Talisca reproduz e denuncia insultos no Instagram (Foto: Reprodução de Instagram)

Todos que estão fazendo insultos racistas a mim e minha família estão sendo salvos. A internet tem lei – escreveu Talisca, agradecendo aos que enviaram mensagens o apoiando.

Além de expor os responsáveis pelos insultos, a esposa do jogador reagiu à altura.

– O que você acha que é? Torcedor de merda para vir citar minha filha com sua boca podre? Pois está bem guardado o seu comentário, seu racista de merda. Deveria ter mais respeito por um ser tão indefeso – escreveu Anna Paula Ramos.

ENTRE A “TRAIÇÃO” E A “VINGANÇA”

Os principais jornais de Portugal se dividiram ao enfocar o gol decisivo e a comemoração de Talisca. Enquanto o “Record” e o “Correio da Manhã” usaram a palavra traição na capa, enquanto “A Bola” e “O Jogo” preferiram definir mais como vingança.

Capas dos jornais de Portugal com o gol decisivo de Anderson Talisca
Capas dos jornais de Portugal com o gol decisivo de Anderson Talisca (Foto: Reprodução)

Diante das declarações de Talisca em relação à falta de pagamento do salário de julho, dirigentes do Benfica acusaram o jogador de ter mentido. Para isso, chegaram a divulgar o contrato de empréstimo assinado com o Besiktas, em que o clube luso se exime de arcar com qualquer pagamento a partir do último dia 1º de julho:

“Com a assinatura do presente acordo, o jogador dá o seu total consentimento a todos os termos e condições aqui expressos e declara que não tem qualquer montante a receber ou a reclamar do Benfica relacionado com a época completa 2016/17 (para evitar qualquer dúvida, o Benfica não terá de pagar ao jogador qualquer montante relativo ao período de 1 de julho de 2016 a 30 de junho de 2017)”

Só que o acordo é datado de 21 do mês passado, o que poderia confirmar justamente a alegação do meia-atacante, de que não teria recebido o dinheiro até seis dias depois do nascimento da filha em 9 de agosto.

Contrato de empréstimo de Anderson Talisca do Benfica ao Besiktas
Contrato de empréstimo de Anderson Talisca do Benfica ao Besiktas (Foto: Reprodução)

Em entrevista ao jornal “Record”, Nuno Oliveira, um dos representantes de Talisca, disse que o jogador precisou da ajuda de amigos na época.

– Quando a filha nasceu, o Benfica não lhe pagou, ele ficou sem dinheiro e precisou da ajuda de amigos. É um rapaz de 22 anos, nem ele nem a esposa queriam deixar Portugal. Estavam perfeitamente adaptados, a filha nasceu aqui… Ele não é nenhum mercenário, preocupa-se mais com o bem-estar da família – disse Nuno, complementando. – As pessoas pensam que um jogador de futebol é diferente de outro trabalhador… O que lhe acontecia se chegasse ao fim do mês e a sua empresa não lhe pagasse? De certeza que também teria dificuldades, não?

A respeito da comemoração, o representante de Talisca amenizou.

– Ele nem sabe se foram festejos de alegria ou de raiva. Só se lembrou da maior dificuldade da vida dele.

Torcedores do Benfica sobre o banco do Besiktas com Talisca
Torcedores do Benfica sobre o banco do Besiktas com Talisca, à direita (Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP)

Mas os benfiquistas não quiseram saber das justificativas. Fotos do mesmo jornal mostraram que alguns jogadores foram tomar satisfações com Talisca ao fim da partida. Além disso, o “Record” publicou declarações de António Veloso, capitão do time nos anos 80 e 90, repudiando a comemoração efusiva do gol.

– Foi uma manifestação de mau tom. É claro que ele é profissional, ninguém põe isso em causa, e tem de fazer o melhor pela equipe que representa. Mas a forma exuberante como se manifestou na casa que o acolheu durante dois anos, e à qual ainda pertence, não lhe ficou bem. Uma grande ingratidão para com o Benfica e seus torcedores, que o aplaudiram sempre. Devia ter mais respeito pelo clube – disse António Veloso, de 59 anos, com mais de 500 partidas pelo Benfica no currículo.

Fonte: Ge.com

Comentários
Carregando...