Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Arqubancadas, faixas, cartazes e o… ‘Filho de Deus’

3

Os jogos não foram geniais, mas essa tirada do Ibra valeu o dia na Liga

Reprodução de tweet que mostra a faixa exibida para Ibrahimovic no estádio do Ajax

Conhecido pelo estilo marrento, Zlatan Ibrahimovic deu mais uma das suas na última quarta. Capitão do PSG, ele foi recebido com um cartaz carinhoso em Amsterdã, onde fez sucesso pelo Ajax. Na saída do estádio, o atacante brincou com a homenagem, que o chamava de "Filho de Deus".

"Para mim foi especial, uma noite bonita. Eu vi [a faixa]. Vocês me perguntaram se era para mim, Maxwell ou Van der Wiel. Não, é claro que era para mim [risos]", disse ele ao jornal L'Equipe.

A tirada foi um dos melhores momentos do segundo dia da Liga dos Campeões, que não viu jogos estupendos. No mais disputado deles, o Bayern suou para vencer o Manchester City por 1 a 0. Os favoritos Barcelona, PSG e Chelsea não foram bem, e o que salvou foram as goleadas de Porto e Roma. Por isso, a marra do craque sueco merece destaque.

Ibrahimovic jogou no Ajax no começo dos anos 2000, quando foi duas vezes campeão holandês. Foi no time de Amsterdã que ele marcou o gol mais bonito da carreira, justamente em sua despedida. Em homenagem a essa época, torcedores do Ajax estenderam a faixa com os dizeres "Bem-vindo de volta, filho de Deus", no estádio, antes do jogo contra o PSG.

Com a bola rolando, Ibra não fez jus ao apelido. Apagado, ele não impediu que seu time saísse da Holanda com um empate por 1 a 1. O resultado deixa o PSG em situação complicada no Grupo F, que ainda tem Barcelona e APOEL, do Chipre. Na próxima rodada, o time francês recebe os catalães.

O estilo arrogante é uma marca registrada de Ibrahimovic, que há duas semanas chamou a atenção nas redes sociais por reclamar quando um rival pegou em seu braço. Antes da Copa, por exemplo, a Nike, patrocinadora do craque, lançou a campanha "Desafio para Zlatan", em que brincava com a infalibilidade do atacante.

Veja, abaixo, outros destaques do segundo dia da Liga dos Campeões:

Lahm, capitão do tetra da Alemanha, nunca fez gol

Calma, é claro que Phillip Lahm já foi às redes em alguns momentos de sua carreira, inclusive em Copas do Mundo. Só que o capitão do título da Alemanha nunca marcou na Liga dos Campeões, o que faz com que a imprensa de seu país tripudie um pouco da situação.

Na última quarta, após a vitória do Bayern de Munique sobre o Manchester City, o Der Spiegel escreveu que a "missão do jogo" era dar um gol ao lateral-volante. "Ele tentou por 86 jogos, mas simplesmente nunca conseguiu. Hoje, a única tentativa dele foi para fora. Parece que Lahm só acerta em seu conto de fadas de verão", escreveu o veículo, em referência à Copa do Mundo.

Paris Hilton na Liga dos Campeões

O PSG foi recebido com ironia na Amsterdam Arena, casa do Ajax, com quem o time francês empatou por 1 a 1 na primeira rodada da Liga. Em uma das arquibancadas do estádio, holandeses estenderam uma faixa pouco simpática aos visitantes.

"A única Paris que nós gostamos fez um filme XXX [pornô]", escreveram os torcedores do Ajax, em referência à socialite Paris Hilton, que ganhou notoriedade após a divulgação de um vídeo pessoal, em que transava com o namorado. A faixa também é uma brincadeira com Amsterdã, já que a cidade tem como um de seus símbolos três cruzes deitadas (que parecem XXX).

Força, Badstuber

Outra faixa que chamou a atenção no segundo dia da Liga dos Campeões foi estendida na arquibancada da Allianz Arena, em Munique. Torcedores do Bayern decidiram mostrar apoio a Holger Badstuber, que mais uma vez está às voltas com lesões.

"Quando você cair, nós vamos ajudar a levantá-lo de novo. Siga em frente, Holger", escreveram os fãs do jogador.

Badstuber estava afastado do futebol há 20 meses por conta de uma lesão nos ligamentos cruzados de um dos joelhos. No último fim de semana, voltou a jogar, lesionou um músculo da coxa esquerda e terá de passar por uma nova cirurgia

Esquema kamikaze

A formação do Barcelona, que mudou vários jogadores em relação ao time que vinha atuando no Campeonato Espanhol, surpreendeu jornalistas do jornal Mundo Deportivo. Com uma foto tirada da cabine de imprensa do Camp Nou, os repórteres mostraram que a equipe que venceu o APOEL atuou em um sistema 2-5-3, com quase todos à frente.

Yaya Touré "pipoqueiro"?

Uma nova má atuação do Manchester City colocou o meio-campista marfinense em xeque. Cérebro e pulmão dos atuais campeões ingleses, Touré tem um histórico de más atuações na Liga dos Campeões.

Depois da derrota do City por 1 a 0 para o Bayern, o jornal Guardian compilou as más atuações do volante contra gigantes europeus, destacando que em 11 jogos ele só marcou um gol. O Daily Mail, também com Touré na mira, reclamou que ele esquece de defender quando joga pela Liga e deixou Fernandinho sozinho para marcar os alemães.

Catalunha em apoio à Escócia

No meio da torcida do Barcelona, bandeiras da Catalunha dividiam espaço com outras da Escócia. A associação inusitada é facilmente explicável.

A Catalunha é uma região autônoma da Espanha que historicamente busca independência do resto do país. Nesta quinta, a Escócia votará se quer, ou não, deixar o Reino Unido. É natural, portanto, que haja apoio entre separatistas dos dois lados.

O novo Xavi?

Sergi Samper (à esquerda na foto) tem 19 anos de idade e fez sua estreia como profissional pelo Barcelona. O time não foi bem e venceu apertado, mas ele saiu exaltado pela imprensa espanhola, especialmente a parte catalã desta, como uma espécie de novo Xavi.

"O Barcelona x APOEL seguramente não passará à história pelo seu resultado, mas sim por ser a noite em que estreou na equipe principal um jovem chamado Sergi Samper", escreveu um jornalista do Mundo Deportivo, dando contornos épicos ao jogo do primeiro volante.

Samper é irmão mais novo de uma ex-promessa do tênis espanhol e está no Barcelona desde os seis anos de idade, o que lhe concede status de joia da casa. Resta saber se ele resistirá ao passar dos anos e à pressão dos antecessores.

Diego Costa pela metade

Por que o melhor jogador do começo de temporada do Chelsea começou no banco justamente na estreia da Liga dos Campeões? José Mourinho, técnico do clube, responde sem meias palavras.

"Costa tem um problema e nesse momento ele não pode jogar três partidas em uma semana. Se ele tivesse tido uma semana para deixar o músculo recuperar, ele poderia começar jogando como vinha fazendo antes de ir para a seleção. Não foi para protegê-lo do jogo do próximo fim de semana, mas hoje [quarta] ele não tinha condições", disse Mourinho ao jornal Daily Mail.

Diego Costa fez sete gols em quatro jogos do Inglês, mas sentiu uma lesão muscular ao servir a Espanha há duas semanas. Contra o Schalke, na estreia do Chelsea, na Liga, ele viu Drogba perder seguidas chances de gol e só foi acionado a 15 minutos do fim.

Comentários
Carregando...