Arquibanquedas

Secopa: acidente em arquibancada móvel não colocou torcida em risco

Secretário especial da Copa descarta utilização da estrutura provisória na partida entre Bahia e Corinthians, na retomada do Campeonato Brasileiro


As emoções da partida entre Uruguai e Itália, realizada no último domingo, em Salvador, pela disputa do terceiro lugar da Copa das Confederações, ganharam contornos dramáticos para os torcedores que assistiram à partida na arquibancada móvel da Arena Fonte Nova. Enquanto a bola rolava, uma parte do piso tátil do local onde ficam os assentos temporários cedeu e assustou quem estava na área.

Em nota, a Secretaria Estadual para Assuntos da Copa (Secopa) confirmou o acidente. No documento, a assessoria de comunicação do órgão estadual afirma que ‘houve um deslocamento de cinco centímetros do piso tátil de uma das fileiras da arquibancada móvel, sem causar qualquer ameaça aos torcedores que estavam no local, segundo laudo do Corpo de Bombeiros. Prontamente o sistema de segurança foi acionado e a questão imediatamente corrigida’.

Arquibancada móvel começou a ser instalada em março deste ano

Arquibancada móvel da Arena Fonte Nova (Foto: Raphael Carneiro)

Segundo o secretário especial da Copa na Bahia, Ney Campello, a arquibancada móvel não deverá ser utilizada na retomada do Campeonato Brasileiro, na partida entre Bahia e Corinthians, e será desmontada. A estrutura só deve voltar a ocupar a ferradura da Fonte Nova durante a Copa do Mundo de 2014.

– O piso tátil cedeu cinco centímetros. O problema foi corrigido na hora. Foi acionada a segurança. A empresa responsável pela montagem deve se posicionar logo, mas eles foram lá e resolveram o problema de imediato. Agora, vamos começar a desmontagem. A arquibancada móvel não será utilizada no Bahia e Corinthians. Só deve ser montada novamente para a Copa do Mundo – afirmou.

A montagem dos cinco mil assentos provisórios da Arena Fonte Nova foi iniciada em março deste ano. A necessidade da ampliação do estádio, que possui capacidade para 50 mil pessoas, surgiu a partir da confirmação de que Salvador receberia a disputa do terceiro lugar na Copa das Confederações e as quartas-de-final da Copa do Mundo. A instalação foi uma exigência da FIFA para que a capacidade da arena fosse expandida para 55 mil pessoas.

Tabela interativa da Série A: http://uniaotricolorba.com.br/tabelaseriea.asp


Fonte: GLOBOESPORTE.COM

Foto: Raphael Carneiro