Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia 1 x 0 Sport :: Raio-X, o jogo, o Gol, Scout e Ficha Técnica

19

Railan marca, Bahia supera o Sport e deixa a zona de rebaixamento

Tricolor, que chega ao quinto jogo consecutivo de invencibilidade dentro de casa, alcança a 15ª posição. Sport permanece em 8ª, com 35 pontos

DESTAQUES DO JOGO

  • Expulso

Gilson Kleina

Mesmo com o placar a seu favor, Gilson Kleina se mostrou nervoso, reclamou bastante com a arbitragem e acabou expulso aos 41 minutos da etapa final.

  • Nome do jogo

Barbio

Wiliam Barbio entrou em campo muito vaiado pela torcida, mas precisou de apenas três minutos para fazer a jogada do gol tricolor e dar a volta por cima.

  • Retrospecto ruim

Sport

O Sport confirma a fama de mau visitante que lhe persegue. Pela Série A, em 12 jogos longe de Pernambuco, foram apenas duas vitórias do Leão da Ilha

A CRÔNICA

O Bahia confirmou a boa fase que vive nos jogos dentro de casa no Campeonato Brasileiro. Ao bater o Sport por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, o Tricolor alcançou a marca de cinco jogos de invencibilidade como mandante: são três vitórias e dois empates nas últimas rodadas. Railan, aproveitando boa jogada de William Barbio, marcou o único gol da partida, válida pela 24ª rodada da Série A.

Os três pontos alçaram o Bahia para a 15ª colocação na tabela, com 26 pontos, fora da zona de rebaixamento. Já o Sport perdeu mais uma oportunidade de se aproximar do grupo dos quatro primeiros colocados. Os pernambucanos permanecem na 8ª colocação, com 35 pontos.

Sem tempo para descansar, Bahia e Sport voltam a campo neste fim de semana, pelo Brasileirão. No próximo sábado, o Leão da Ilha tem uma missão complicada diante do líder Cruzeiro, às 18h30 (horário de Brasília), na Arena Pernambuco. No domingo, o Tricolor recebe o Flamengo, às 16h, na Arena Fonte Nova.

Railan foi o autor do gol da vitória do Bahia sobre o Sport

Visitantes à vontade

O Sport não se intimidou por estar jogando longe de Pernambuco e se sentiu à vontade na Arena Fonte Nova. Foram dos pernambucanos as melhores chances da primeira etapa, principalmente com Neto Baiano e Diego Souza, que deram muito trabalho aos donos da casa. Aproveitando-se dos espaços cedidos pela defesa tricolor, os dois construíam boas jogadas de ataque, como o chute perigoso de Ibson que passou tirando tinta da trave de Marcelo Lomba. Do outro lado, o Bahia não encontrava espaços na defesa adversária e abria o jogo pelas laterais, mas sem criar chances efetivas de gol. Uma cabeçada de Kieza por cima da meta foi o mais perto que os baianos chegaram da meta defendida por Magrão.

Barbio brigador, Railan artilheiro

O Bahia voltou a campo para a etapa final com outra postura. Com Emanuel Biancucchi na vaga de Marcos Aurélio, mais uma vez improdutivo, o Tricolor ganhou mais volume no meio-campo, adiantou a marcação e impôs dificuldade à saída de bola do adversário. Chances de gol, porém, continuavam escassas. Foi aí que Gilson Kleina resolveu colocar William Barbio na vaga de Diego Macedo. A torcida não gostou, vaiou, mas o atacante de vasta cabeleira mostrou a que veio: fez grande jogada pela esquerda, superou a marcação e deixou Railan em condições abrir o placar. Na comemoração, Barbio se dirigiu aos torcedores e vibrou com raiva, como se fosse ele próprio o autor do gol. Com o placar a seu favor, os baianos passaram a trocar passes e buscar o contra-ataque. O Leão da Ilha ainda tentou o empate em chutes de Ananias e Rithely, mas Marcelo Lomba tratou de assegurar o triunfo do Bahia. Antes do apito final, o técnico Gilson Kleina foi expulso por reclamação.

O melhor: William Barbio. Mudou a partida. Teve participação decisiva no único gol do jogo e quase marcou um golaço, já nos acréscimos. Entrou em campo vaiado. Saiu aplaudido.

O pior: Vitor. Mal tanto no ataque como na defesa. Foi pelo seu lado que William Barbio fez fila e iniciou a jogada do único gol da partida.

Chave do jogo: Entrada de Barbio. Antes da entrada do atacante, o jogo estava equilibrado, até com o Sport melhor em campo. Mas uma jogada ousada do jogador tricolor mudou a história do jogo.

Toque dos técnicos: Gilson Kleina foi vaiado ao tirar Diego Macedo e colocar William Barbio no segundo tempo. Mas a alteração surtiu resultado em poucos segundos. Em uma de suas primeiras jogadas, Barbio fez fila pela esquerda e cruzou para a área. A bola sobrou para Railan, que fez o único gol da partida.

Para lembrar:

É na madeira… Rhayner deve acertar sua rescisão nos próximos dias. O atacante se desentendeu com o diretor de futebol Rodrigo Pastana e chegou até a tentar agredir o dirigente com um pedaço de madeira. Clima ficou quente no Fazendão.

Velho conhecido. Como já era de se esperar, Neto Baiano, ídolo do Vitória, não escapou das vaias a cada momento em que tocava na bola. "Contra o Bahia eu sempre dou minha vida e tento fazer o meu melhor", disse o atacante no intervalo.

Bahia 1 x 0 Sport

Campeonato Brasileiro 2014 – Série A – 24ª Rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 24 de setembro de 2014, quarta-feira

Horário: 21 horas (de Brasília)

Público: 13.360 pagantes.

Renda: R$ 254.815,00

Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/Fifa) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Cartões amarelos: Bahia: Lucas Fonseca e Kieza; Sport: Henrique Mattos, Ronaldo e Diego Souza

Gols: Bahia: Rhaylan 26’ 2º T

Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Uelliton, Rafael Miranda, Diego Macedo (Wiliam Barbio) e Rafinha (Fahel); Marcos Aurélio (Emanuel Biancucchi) e Kieza

Técnico: Gilson Kleina

Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Uelliton, Rafael Miranda, Diego Macedo (William Barbio, 22'/2ºT) e Rafinha (Fahel, 41'/2ºT); Marcos Aurélio (Emanuel Biancucchi, intervalo) e Kieza.

Técnico: Gilson Kleina.

SPORT: Magrão; Vitor, Henrique Mattos, Durval e Renê; Rithely, Ronaldo (Wendel, 17'/2ºT), Ibson (Ananias, 20'/2ºT), Felipe Azevedo (Danilo, 40'/2ºT) e Diego Souza; Neto Baiano.

Técnico: Eduardo Baptista.

SCOUT BAHIA 1 X 0 SPORT

[**SCOUT**]

ATUAÇÕES

Header_BAHIA (Foto: Infoesporte)

Railan e Barbio brilham no triunfo baiano

Lateral-direito faz gol da vitória tricolor, e atacante incendeia a partida com a sua entrada

MARCELO LOMBA – GOLEIRO

Praticou duas defesas importantíssimas no segundo tempo.

Nota: 7

RAILAN – LATERAL-DIREITO

Melhor em campo. principal opção de ataque do Bahia no jogo. criou as melhores jogadas e fez o gol.

Nota:8

LUCAS FONSECA – ZAGUEIRO

Começou inseguro, mas depois manteve o bom nível das ultimas partidas.

Nota:7

DEMERSON – ZAGUEIRO

Começou com alguns problemas no combate direto, mas depois cresceu e anulou Neto Baiano.

Nota:7,5

GUILHERME SANTOS – LATERAL-ESQUERDO

Apesar das dificuldades pela boa marcação do Sport, foi presença constante no apoio.

Nota:6,5

UELLITON – VOLANTE

Um dos poucos do meio que tentaram criar na primeira etapa. Ficou mais atrás no segundo tempo e marcou bem.

Nota: 6,5

RAFAEL MIRANDA – VOLANTE

Apagado no primeiro tempo, mas fundamental pro encaixe da marcação adiantada do bahia no segundo tempo.

Nota: 6

DIEGO MACEDO – MEIA

Fez boas jogadas com Railan no primeiro tempo. Vinha mantendo o nível no segundo tempo, até ser substituído.

Nota:6,5

RAFINHA – ATACANTE

Raçudo, importante na recomposição defensiva e sempre perigoso nos arranques pro ataque. Precisa melhorar a definição das jogadas, passe e finalização.

Nota:6,5

MARCOS AURÉLIO – ATACANTE

Apagado no jogo. Saiu no intervalo e o time cresceu.

Nota:3

KIEZA – ATACANTE

Participativo, mas pouco acionado. Levou amarelo e está fora da próxima rodada.

Nota: 5,5

EMANUEL BIANCUCCHI – MEIA

Entrou bem. Melhorou a posse de bola do Bahia no ataque.

Nota:6,5

WILLIAM BARBIO – ATACANTE

Incendiou o jogo, com dribles e arrancadas. fez a jogada do gol. Mudou a partida.

Nota:7,5

FAHEL – VOLANTE

Entrou no fim.

Sem nota.

PROGRAMAÇÃO

Nesta quinta-feira, o tricolor já inicia a preparação para enfrentar o Flamengo. A partida acontece no próximo domingo, às 16h, novamente na Fonte. A torcida tricolor está convocada para a partida, que terá ingressos a R$ 10.

Comentários
Carregando...