Bahia com nova formação: Souza no meio; Cristóvão justifica

Com Souza de meia, Bahia terá nova formação diante do Grêmio

Com Souza de meia, Bahia terá nova formação diante do Grêmio

Três jogadores do setor ofensivo estão fora da partida contra o Grêmio, no próximo domingo (3), às 16h, em Porto Alegre: Marquinhos, Wallyson e Wangler. Os desfalques, aliados a sequência de partidas ruins, fizeram com que Cristóvão Borges colocasse em campo um novo esquema tático.

A formação 4-3-3, utilizada pelo comandante em boa parte da competição, não será usada diante do time gaúcho, pelo menos, foi o que treinou Cristóvão Borges durante a semana de preparação em Salvador.

Os três volantes estão mantidos. Sem Hélder, suspenso, Fahel foi o escolhido para dar mais seguranças aos zagueiros, além de proteger mais o lado esquerdo. Jussandro, assim,  terá mais liberdade para avançar. Lá na frente, a grande surpresa. O centroavante Souza voltará a ter uma chance após dois meses como titular no Brasileirão. Será a segunda partida dele como titular na competição nacional, desta vez, em uma posição diferente.

Souza terá o papel de desempenhar uma função de criador, cérebro da equipe. Ao invés de ser centroavante, como de costume, terá um papel fundamental na criação das jogadas, um pouco mais recuado. William Barbio e Fernandão formarão a dupla de ataque.

A nova formação, testada por Cristóvão nas atividades táticas no Fazendão, é semelhante ao esquema adotado por Jorginho na reta final do Campeonato Brasileiro da Série A de 2012. Três volantes e apenas um homem de criação.

Na temporada passada, porém, a função estava sob responsabilidade do experiente e contestado Zé Roberto. Na atual condição, com Cristóvão Borges, a missão será do atacante Souza.

Vamos votar:

A BELA Tricolor Katiely Kathissumi precisa do seu voto

Não deixe de ler:

MGF assume erros e diz que nova Diretoria não entende de futebol

Confira também:

Liga dos Campeões – Classificação – Tabela e Regulamento

Tabela interativa da Série A com atualização online

Os melhores vídeos – YouTube União Tricolor Bahia

Cristóvão justifica escolha de Souza ao invés de Anderson Talisca para armação de jogadas

Caveirão fará função de meia no duelo com o Grêmio

Treinador aposta na qualidade técnica do Caveirão para municiar William Barbio e Fernandão no ataque

Sem prestígio com a torcida Tricolor, após se envolver em diversas polêmicas e não conseguir repetir o desempenho obtido nas temporadas passadas, o atacante Souza deve voltar a ser titular do Bahia no Brasileirão. Diante do Grêmio, Souza deve ser escalado por Cristóvão Borges como um meia. O treinador explicou a escolha pelo atacante ao invés de Anderson Talisca.

"O Souza entrou em dois jogos e deu duas assistências. Nossa equipe tem uma maneira de jogar, com dois abertos, e a gente não tinha um homem específico de ligação. Quem fazia essa ligação eram os laterais. Vínhamos tendo dificuldade nos jogos e a nossa criação estava um pouco difícil. Então estava procurando dar criatividade para ter esse passe. O Souza tem isso. Ele faz bem isso. Estou tentando com ele. Colocou precisando e esperando esse passe", explicou Cristóvão.

Além de Souza, o Bahia deve ter mais mudanças. Os laterais Raul e Madson devem deixar a equipe para as entradas de Jussandro e Fabrício Lusa. No meio, o volante Fahel deve assumir a vaga de Hélder, expulso no empate contra o Atlético-PR. Já Fernandão, que não atuou contar o Furacão, volta ao ataque.

O que deve mudar também é o esquema utilizado. Sem Marquinhos Gabriel, que ainda se recupera de um edema na coxa, Souza deve jogar mais recuado, e terá a missão de municiar os atacante William Barbio e Fernandão. "Perco velocidade, mas ganho em qualidade de passe decisivo. Estou apostando nisso", finalizou o treinador.


Fonte: Felipe Santana/Bahia Notícias e IBahia

Foto: Max Haack/Ag. Haack/Bahia Notícias e Felipe Oliveira/ECB