Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Bahia x Nacional-AM: CBF admite erro de arbitragem

0

CBF admite erro de arbitragem em jogo entre Bahia e Nacional-AM

Em resposta à ofício enviado pela Federação Amazonense de Futebol (Faf), confederação admitiu erro em validação de gol impedido e puniu assistente

O Nacional Futebol Clube recebeu na manhã desta terça-feira um documento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reconhecendo o erro da arbitragem no jogo entre Nacional FC e EC Bahia, válido pela primeira fase da Copa do Brasil, que aconteceu no dia 16 abril deste ano.  

Dias após a eliminação da equipe na derrota por 3 a 2, o time amazonense, por meio da federação local (Faf), enviou um ofício à CBF pedindo punição da arbitragem por validar um gol do Bahia aos 45 min. Em resposta, a entidade máxima puniu o assistente Carlos Eduardo Depizol, que falhou em seu posicionamento.

Confira a resposta da CBF, por meio do ouvidor de arbitragem Paulo Jorge Alves.

Kieza comemora segundo gol do Bahia sobre o Nacional, pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)

Kieza comemora segundo gol do Bahia sobre o Nacional, pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)

O Lance

Ocorrido aos 46 min e 36 ses do segundo tempo, quando o placar marcava empate entre as equipes em 2×2, contagem que classificaria a equipe do Nacional, ocorreu o lance abaixo.

Conclusão

Quando o assistente contraria as recomendações técnicas de posicionar-se em linha om o penúltimo defensor, o erro é iminente.

Ação recomendada

Este Ouvidor recomenda que o Assistente Carlos Eduardo Depizol, receba treinamento quanto ao posicionamento com instrutor local, para aperfeiçoar eu posicionamento e postura, bem como treinamento do “Interactive Offside vídeo test”, objetivando dar-lhe mais reflexo em suas decisões.

À ENAF- Escola Nacional de Arbitragem, para que proponha treinamento que ambém convenha ao Assistente.

É O PARECER que encaminho através da CA-CBF para ciência dos ilustres senhores Presidentes da CBF, das Federações do AM e BA, aos clubes, Bahia e acional-AM, ao Presidente da CA-CBF, aos Árbitros e a ENAF para providências.   

Comentários