BaxVice das Belas

BaxVice das Belas: inscritas no Musado Brasileirão antecipam o clássico

As participantes que disputam o posto de musa do Bahia e do Vitória para representar a dupla na disputa nacional

Um Ba-Vi sem marmanjos e com as muitas belas. O GLOBOESPORTE.COM antecipou a disputa deste domingo, que será realizada na Arena Fonte Nova, e reuniu as inscritas no concurso Musa do Brasileirão. Três representantes do Vitória e duas do Bahia visitaram a redação: Hellen Cristyan, Michelle Belarmina e Taís Santos vestiram a camisa do Vitória, enquanto Fernanda Serra e Michelle Docio representaram o Bahia. A terceira representante do Tricolor é Carol Muniz, que está fora do país.

Pré-selecionadas para o Musa do Brasileirão

musas de bahia e vitória (Foto: Eric Luis Carvalho)

Uma candidata de cada clube vai deixar a disputa. A final será entre duas de cada lado. E então, será a vez do torcedor exercer o seu poder de voto e eleger a musa do seu time de coração. Nesta quinta-feira, o Vitória ficou em vantagem numérica. Mas, no quesito empolgação, tudo igual. Rubro-negras e tricolores demonstraram confiança nos seus times.

Aproveitando a presenças das belas do clássico, o GLOBOESPORTE.COM questionou as musas. Qual a relação com o clube pelo qual se inscreveu? Qual o jogador preferido e porque merece ser a musa do Bahia ou Vitória? Com a palavra, as inscritas.

hellen cristyan, candidata a musa do vitoria

hellen cristyan, candidata a musa do vitoria (Foto: Eric Luis Carvalho)

Hellen Cristyan tem 27 anos e fala com descontração sobre sua relação com o Vitória.

– Boa! É ótima! Chamo até de "Vi" – conta sob risos, a santista que adotou o clube baiano desde que chegou na Bahia há cinco anos.

– Meu jogador preferido é o Victor Ramos. Eu não tenho muito tempo para frequentar o Barradão, mas sempre que posso, eu vou. Acho que eu deveria ser musa do Vitória, porque sou apaixonada pelo time. Acabei gostando do clube pela sua organização. Aí me identifiquei com a torcida, com a história do clube. Fiquei muito interessada pela história do Vitória. Domingo estarei na Fonte Nova – conta Hellen.

Michelle tem 22 anos

michelle belarmina, candidata musa do vitória (Foto: Eric Luis Carvalho)

Já a rubro-negra Michelle Belarmina, de 22 anos, aposta no fato de ser torcedora desde a infância para conquistar a torcida.

– Minha relação com o Vitória é de total afinidade. É um relação muito boa – diz.

– Meus jogadores preferidos são o Victor Ramos e o Maxi Biancucchi. Ultimamente, eu tenho ido muito ao Barradão. Sou torcedora desde pequena e, por isso, acho que sou uma boa representante para ser musa do Vitória – acredita a rubro-negra.

Taís Leite tem 32 anos

taís leite, candidata a musa do vitória (Foto: Eric Luis Carvalho)

Mais experiente, a candidata Taís Leite, de 32 anos, se vê como a mais preparada para assumir o posto de musa do Leão da Barra. Com frases de efeito e apelido, a Felina Rubro-Negra promete rugir alto para levar a melhor na disputa.

– Assisto a todos os jogos pela TV ou pelo rádio. Como sou do Jequié (interior da Bahia), não posso ir em todos as partidas no Barradão, mas domingo estarei pela primeira vez na Arena Fonte Nova torcendo. Tenho muito carinho pelo Vitória. Acompanhei o time na Série B e até patenteei uma frase que era: "A Felina vem com tudo, e o Leão vai subir". Eu visto a camisa. Levo o Vitória para onde quer que eu vá. Acho que é amor mesmo. Gosto de representar esse clube. Michel e Victor Ramos são os jogadores que eu mais gosto no elenco atual. Para esse ano, minha frase mudou. Agora minha frase é “A Felina vem com tudo e o Leão subiu”.

Se as rubro-negras são só amor ao clube do coração, as tricolores não ficam atrás. Michelle e Fernanda pedem o voto dos torcedores do Bahia, confiantes que a torcida vai embarcar nos sonhos de cada uma.

Michelle Dócio tem 32 anos

michelle dócio, inscrita para musa do bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

– Torço pelo Bahia desde a infância. Cresci em uma casa que não tinha ninguém curtindo futebol. Mas eu sempre gostei. E o clube sempre me interessou. Acho que por levar o nome do nosso estado. Essa coisa forte chamada Bahia.  Minha relação é de puro orgulho – afirmou a assistente social Michelle Dócio, de 32 anos.

– Meu jogador preferido é o Marcelo Lomba. Eu quero ser musa do Bahia, porque isso vai além da questão estética. Como sou assistente social, eu quero usar esse posto de musa para desenvolver trabalhos sociais e ajudar. Já fiz até uma promessa. Se eu vencer, vou ajudar uma instituição com um trabalho social – afirmou Michelle Dócio, que sempre que pode vai aos jogos, mas mora no interior do estado.

Fernanda tem 18 anos

fernanda souza, inscrita para musa do bahia (Foto: Eric Luis Carvalho)

Já a caçula da disputa, a tricolor Fernanda Souza, de 18 anos, diz que ser do musa do Bahia é um sonho e infância e espera o apoio da turma tricolor.

– Me tornei torcedora do Bahia há uns cinco anos. É um amor que cresceu. Depois que vim para Salvador, passei a torcer ainda mais pelo time por conta de um ex-namorado. E então, o amor foi crescendo. Eu nunca fui no estádio. Domingo será a minha primeira vez – contou.

– Gosto muito do Marcelo Lomba. Ser musa do Bahia seria a realização de um sonho. É uma coisa que eu sempre quis. Espero crescer junto com o Bahia nessa disputa. E espero que o público me ajude – pediu a torcedora.

Ba-Vi em campo. E Ba-Vi fora dele. Se 50 mil torcedores devem marcar presença na Fonte Nova, o belo Ba-Vi de musas também deve atrair muito olhares.  A disputa está lançada. Nunca um Ba-Vi foi tão bonito de ver. E a torcida é quem vai decidir o jogo.

Duelo de musas antecipou o Ba-Vi do próximo domingo na Fonte Nova

musas de bahia e vitória (Foto: Eric Luis Carvalho)

Tabela interativa da Série A com atualização online


Fonte: Eric Luis Carvalho – GLOBOESPORTE.COM

Fotos: Eric Luis Carvalho