Bom de clássicos

Bom de clássicos, Wallyson fala sobre clima do Ba-Vi: 'A cidade para'

Jogador deve atuar como titular no domingo, contra o Vitória, na Fonte Nova. No ano passado, Wallyson marcou gol em clássico contra o Atlético-MG


Partidas repletas de rivalidade e muita tensão, os clássicos são verdadeiros pesadelos para alguns atletas. O medo de cometer erros e se transformar em alvo de protestos da torcida costuma tirar o sono de vários jogadores na véspera das partidas contra arquirrivais. Dentro do Bahia, no entanto, existe um atacante que não tem qualquer receio de enfrentar o Vitória no próximo domingo, na Arena Fonte Nova, pela 8ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2013. Prestes a estrear como titular no Tricolor, Wallyson vê o duelo contra o Rubro-Negro como uma boa chance de mostrar serviço e ficar de vez entre os 11 do técnico Cristóvão Borges.

Em Salvador há pouco mais de duas semanas, Wallyson conta que já descobriu as transformações provocadas na capital baiana por um clássico. Estreante em Ba-Vis, Wallyson conta que virou alvo de torcedores na rua e que tem confiança em um bom resultado na partida de domingo.

Wallyson deve ser titular no clássico do próximo domingo

wallyson, atacante do bahia (Foto: Jayme Brandão/Divulgação/EC Bahia)

– É um clássico em que a cidade para. Nesse pouco tempo que estou em Salvador, as pessoas me perguntaram como estou para o clássico. Graças a Deus, estou bem fisicamente. Será meu primeiro clássico, e espero que nossa equipe saia com um bom resultado. É um jogo complicado, a equipe deles está em bom momento. Mas estamos preparados, com muita vontade de sair de campo com o resultado positivo. Tem tudo para ser um clássico de muitos gols – disse o jogador.

No último Campeonato Brasileiro, quando defendia o Cruzeiro, Wallyson disputou um clássico contra o Atlético-MG na Arena Independência. A partida rende boas lembranças para o atleta, que marcou um gol e teve atuação decisiva no empate em 2 a 2.

– Tenho muitas alegrias em partidas assim. Onde passei, sempre ganhei clássicos. É onde os jogadores gostam de aparecer. Quem entrar mais ligado vai conquistar um bom resultado. Nossa equipe está concentrada, e vamos lutar desde o primeiro minuto pelo bom resultado – contou.

Wallyson deve estrear como titular na vaga de Marquinhos, que está suspenso. Apesar de possuir características diferentes do companheiro de time, o atacante promete fazer o possível para cumprir os pedidos do técnico Cristóvão Borges.

– O Marquinhos é um jogador que sabe marcar e atacar. Vou procurar fazer meu trabalho, marcando o lateral e o volante. Se passar, vou acompanhar até o fim. Sem a bola, vou marcar, e, com a bola, vou procurar os espaços para deixar meus companheiros na cara do gol. Fizemos um bom trabalho nesta quarta-feira e vamos nos dedicar muito no jogo de domingo – declarou o atleta.

Um dos fatores que reforçam a confiança de Wallyson para o clássico de domingo é a qualidade das jovens promessas que atuarão como titulares. Madson, Feijão e Anderson Talisca foram formados nas divisões de base do clube e devem iniciar o duelo contra o Vitória.

– O professor tem conversado bastante com a gente. Nossa equipe é nova, tem uma garotada boa, que precisa de um pouco mais de experiencia. Às vezes não conseguimos suportar essa pressão durante a partida. Mas o professor tem trabalhado nisso, e acho que vamos nos apresentar muito bem no domingo – concluiu o atacante, que terá no Ba-Vi a chance de marcar o primeiro gol na temporada.


Tabela interativa da Série A com atualização online


Fonte: Thiago Pereira – GLOBOESPORTE.COM

Foto: Jayme Brandão/Divulgação/EC Bahia