Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Chapecoense sonda e Bahia não descarta apoio no ‘Caso Petros’

0

'Caso Petros': Chapecoense sonda e Bahia não descarta apoio

Interessada no caso Petro, mas ainda aguardando uma posição oficial Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a Chapecoense está se movimentando nos bastidores no intuito de agregar clubes na tentativa de oficializar uma ação contra o Corinthians.

O time paulista, no caso, pode ser acusado de colocar o jogador Petros em campo de maneira regular. Petros, até então contratado por empréstimo, teve seu vínculo encerrado no dia 1º de agosto, uma sexta-feira. No entanto, apesar de ter um novo contrato, que passou a valer no dia 2, um sábado e não contado como dia útil, ele esteve em campo no domingo, dia 3 de agosto, contra o Coritiba. Ou seja, para alguns advogados, ele não poderia atuar na rodada do final de semana.

Por isso, diante desta situação, a Chapecoense tem buscado aliados para, independente da acusação da Procuradoria do STJD, que prometeu analisar o caso, possa acionar a equipe paulista juridicamente e, a depender do julgamente se vier acontecer, retirar pontos do Corinthians no Brasileirão.

O Palmeiras, clube procurado pelo time catarinense, não aceitou a ideia de liderar uma ação judicial contra o Corinthians. Além do alviverde, o Internacional também foi procurado. O colorado, por sua vez vai aguardar a resposta oficial da Procuradoria do SJTD.

O Bahia, outro time sondado pela Chapecoense, diz estar estudando a situação,. A única certeza, hoje, é que o tricolor baiano não quer ser o 'protagonista' da briga judicial, neste caso, ser o autor oficial da denúncia contra o Corinthians e servir de escudo para Chapecoense. Por outro lado, o departamento jurídico do clube não descarta fazer parte das equipes supostamente interessadas na questão, desde que não seja o 'líder' do movimento.

Além do Bahia, Palmeiras e Internacional, a direção da Chapecoense também buscou apoio no Criciúma para acionar juridicamente o Corinthians.

Comentários