Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Com estádio às escuras, partida entre Jacuipense e Bahia sofre atraso

Com estádio às escuras, partida entre Jacuipense e Bahia sofre atraso

Gerador é alugado em Feira de Santana, mas equipamento só chega ao estádio após o horário previsto para início do jogo. Bahia e Jacuipense se enfrentam no Valfredão

O gramado ruim não foi o único problema para a partida entre Bahia e Jacuipense, no Valfredão, em Riachão do Jacuípe. Marcado para às 20h45 (horário local) desta quarta-feira, o jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Baiano começou com 35 minutos de atraso por conta da falta de luz no estádio. Como a praça esportiva não possui gerador, foi preciso alugar um em Feira de Santana, cidade localizada a aproximadamente 70 quilômetros do local. O equipamento, contudo, chegou ao Valfredão após o horário previsto para o duelo ter início.

Enquanto o equipamento era instalado, os refletores se apagaram por mais de uma vez e deixaram o estádio totalmente às escuras. Sem futebol no campo, um torcedor improvisou e passou a jogar uma partida no celular (confira o vídeo acima). O árbitro Jailson Macedo Freitas afirmou que seria preciso esperar pelo restabelecimento da luz.

– Estamos no aguardo. Temos que ter bom senso, porque tem uma situação que não dá para explicar com precisão, mas houve um atraso com a chegada do gerador. É um problema que aconteceu, atrapalha o aquecimento. Tem que haver bom senso para que a partida seja iniciada – disse.

Os técnicos dos dois times lamentaram o problema. Guto Ferreira e Clebson Araújo avaliaram que seria preciso “reanimar” os jogadores, que estavam aquecidos e prontos para o início da partida

– Prejudica nosso aquecimento. No mais, está tudo tranquilo, a ansiedade já passou. Nos primeiros cinco minutos, ela vai embora de vez – afirmou Clebson Araújo.

– Essa expectativa, quando estiver tudo ok, tem que dar uma reanimada, o jogador tem que entrar no “time” de novo, para que possa entrar bem no jogo – pontuou Guto Ferreira.

Quando a bola rolou, novo problema: membros de uma torcida organizada do Jacuipense acenderam sinalizadores nas arquibancadas. Jailson Macedo Freitas paralisou a partida até que os fogos de artifício fossem apagados.

Fonte: Ge.com

Comentários
Carregando...