Torcidabahia
Uma grande torcida, merece um grande site

Com jogadores importantes em má fase, Bahia cai de rendimento e oscila

Titulares absolutos no início da temporada, Edigar Junio e Vinícius vivem má fase e jejum de gols

Edigar Junio treina pelo Bahia no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
29

Após um período de oito jogos de invencibilidade e boas atuações, o Bahia caiu de rendimento nas últimas rodadas e não consegue emplacar bons resultados em sequência, que o façam sair de perto da zona de rebaixamento. No último sábado (8), a equipe perdeu para o São Paulo por 1 a 0, e está na 13ª posição, com 28 pontos, quatro acima do Z-4.

Assim como aconteceu em outros jogos, o Bahia começou bem a partida, mas caiu de rendimento no segundo tempo e acabou perdendo o jogo. Dias antes, no triunfo sobre o Sport, a equipe também oscilou, mas acabou melhorando no segundo tempo da partida e conquistou os três pontos.

Além da queda de rendimento da equipe no geral, alguns jogadores importantes para o Tricolor atravessam má fase. O meia Vinícius e o atacante Edigar Junio são alguns desses casos. Edigar já perdeu a titularidade absoluta que tinha no início do ano, mas Vinícius segue sendo frequentemente escalado entre os 11.

A importância de Vinícius para o Bahia pode se expressar em números: o meia é o vice artilheiro (10 gols) e líder em assistências (10) da equipe na temporada.

Vinícius concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Vinícius concede entrevista coletiva (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Já Edigar Junio é o terceiro maior goleador do Tricolor no ano (9 gols), além de vice-artilheiro da equipe no Brasileirão (3 gols) e deu três assistências.

Porém, ambos vivem jejum de gols: Vinícius não marca há 11 partidas e Edigar há 9. Mesmo assim, o técnico Enderson Moreira reconhece a importância dos dois jogadores para equipe.

Mesmo após perder a vaga de titular, Edigar Junio foi um dos reservas que entraram na partida contra o São Paulo para tentar mudar o resultado da partida. E, após ter sido poupado na partida contra o Sport, Vinícius voltou a ser titular no último sábado.

A principal concorrência aos dois jogadores vem da base tricolor: no lugar de Edigar Junio, Enderson Moreira pode escalar o jovem Marco Antônio, que foi titular contra o Sport, mas ficou no banco contra o São Paulo. Já para o lugar de Vinícius, após a saída de Régis da equipe, Enderson lançou o meia Ramires, de apenas 18 anos.

Enderson Moreira falou sobre a entrada de Ramires na equipe:

Lançar um jogador jovem tem que ter muita tranquilidade. Fizeram muito “auê”. É perigoso isso pra ele, tem que ganhar o espaço de maneira natural. Naquele jogo não tinha o Vinícius. Hoje preferi colocar jogador de mais velocidade. Ramires é jogador de grande potencial. A gente tem que ter tranquilidade que naturalmente ele vai conquistar o espaço dele.

Para a partida contra o Palmeiras, no próximo domingo (16), na Arena Fonte Nova, Vinícius não será opção, já que está suspenso. Com isso, Enderson poderá voltar a escalar Ramires, caso ele queira manter o esquema 4-2-3-1.

Comentários
Carregando...